Tribuna Expresso

Perfil

Atualidade

Ana Gomes está “sentadinha” à espera dos processos do Benfica. E o Benfica disse que estão para “breve”

Em entrevista à Rádio Observador, a ex-eurodeputada abordou a polémica em torno da transferência de João Félix do Benfica para o Atlético de Madrid

Tribuna Expresso

TIAGO MIRANDA

Partilhar

Em entrevista à Rádio Observador, a ex-eurodeputada Ana Gomes repisou o tema Benfica e a polémica por ela levantada aquando da transferência de João Félix para o Atlético de Madrid, usando a expressão “lavandaria”. Questionada pelos jornalistas sobre o que quis realmente dizer com aquilo, Ana Gomes garantiu o seguinte: “Quando às vezes na imprensa de referência surgem indicações sobre casos desses contratos que são obviamente mistificações e esquemas de fraude fiscal e de outro tipo de criminalidade, entendi atuar. Já em tempos, lembro-me que agi em relação a um negócio qualquer esquisito que envolvia o Sporting e caíram todos em cima de mim, que eu era uma benfiquista, não sei quê. Agora, quando acontece este negócio do João Félix, não fui só eu! Toda a gente, no mundo do futebol e fora dele, se questionou: como é que se explicava este negócio?”.

Depois, Ana Gomes garantiu não ter recebido ainda qualquer notificação do Benfica que havia ameaçado com processos por difamação. “Não, até hoje não, ainda não recebi nenhum processo. Já há uns tempos também o próprio Luís Filipe Vieira tinha dito que me processava por eu ter dito o óbvio, que ele era um delinquente, e é um facto comprovado. Mas até hoje, eu estou aqui sentadinha à espera que me processem que terei muito gosto em ir a tribunal explicar porque é que disse o que disse. Porquê? Porque Luís Filipe Vieira foi em tempos julgado, e isso é público e notório! Foi julgado por um roubo de um camião, foi condenado! Não foi só julgado, foi condenado por um roubo de um camião.”

Ora, o Observador cita, depois, uma fonte do Benfica que prometeu que os processos estão para “breve. Vamos dar entrada a vários processos que estão a ser ultimados e nada mais temos a comentar por ora”.

Ana Gomes: “Faço o que acho que tenho de fazer. Não me aquece nem me arrefece que dirigentes desportivos possam fazer queixinhas”

A ex-deputada europeia pelo PS diz que "se calhar", quer "causar muito incómodo a muita gente que merece que lhe seja causado incómodo". Em entrevista à <strong>Tribuna Expresso</strong>, defende que lhe "incomodam atuações de clubes desportivos na medida em que se prestem a agudizar a promiscuidade que envenena a vida económica e política do país". Um dia depois de ser conhecida a carta que Luís Filipe Vieira escreveu a Carlos César, presidente do PS, pedindo uma tomada de posição do partido, Ana Gomes afirma que está "sentadinha à espera" do processo que o Benfica revelou que lhe vai instaurar