Tribuna Expresso

Perfil

Atualidade

Casillas lembra angústia do enfarte aos novos médicos do São João: “Difícil não é jogar, é fazer uma operação ao coração”

O guarda-redes que sofreu um enfarte agudo do miocárdio a 1 de maio de 2019, durante um treino do FC Porto, foi convidado pela Administração do Hospital de São João para dar as boas-vindas aos novos médicos da maior instituição de saúde

Tribuna Expresso

Partilhar

O Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ) deu, esta quarta-feira, as boas vindas aos 174 novos médicos internos para 2020: 83 em formação geral e 91 em especialização. O São João foi a primeira opção dos novos internos em 22 especialidades na zona norte, num total de 42 áreas, da Angiologia e Cirurgia Vascular à Cardiologia Pediátrica ou Cirurgia Cardíaca.

Iker Casillas, que a 1 de maio do ano passado sofreu um enfarte do miocárdio e teve de ser operado de emergência, foi o convidado especial da “Sessão de Acolhimento do Internato 2020”. Longe dos relvados há oito meses, o regresso aos treinos mantém-se uma incógnita, tendo Casillas desde então passado a integrar a equipa diretiva do futebol profissional do FC Porto.

Nas boas-vindas aos recém-formados, o espanhol de 38 anos deu uma lição de motivação aos novos médicos, advertindo que “difícil não é jogar com 70 ou 80 mil adeptos” nas bancadas. “Difícil é fazer uma operação ao coração, a quem teve um enfarte. Ter essa enorme responsabilidade de cuidar dos outros”, avisou o guarda-redes que ganhou 23 troféus durante a sua longa da carreira, entre os quais cinco títulos nacionais pelo Real Madrid, um pelo FC Porto, três Ligas dos Campeões pelos merengues.

O campeão do Mundo e da Europa pela 'La Roja' chegou sozinho ao maior centro hospitalar da região norte, mais pontual do que um relógio suíço. “40 minutos antes da hora da cerimónia, que se realizou pelas 11 horas”, disse à Tribuna Expresso fonte do hospital. Na sua intervenção, Casillas fez questão de enaltecer a sua admiração e respeito por quem estuda e pratica Medicina, tendo deixado uma mensagem de incentivo aos novos internos do CHUSJ: “Esta é uma época importante para vocês. Vão aprender muito. Os médicos mais experientes vão ensinar-vos o melhor caminho para a brilhante profissão que é ser médico”.