Tribuna Expresso

Perfil

Atualidade

“Vamos agir contra os autores desta cabala”, disse o Desportivo das Aves, porque “as afirmações das gravações são falsas”

SAD do Desportivo das Aves admitiu agir judicialmente contra os autores da veiculação nas redes sociais de alegados telefonemas entre membros da administração do clube, último classificado da I Liga de futebol

Nuno Manta Santos, treinador do Desportivo das Aves, clube em situação financeira difícil

Gualter Fatia

Partilhar

A SAD do Desportivo das Aves admitiu esta terça-feira agir judicialmente contra os autores da veiculação nas redes sociais de alegados telefonemas entre membros da administração do clube, último classificado da I Liga de futebol.

“Esta SAD lamenta e repudia veementemente o conteúdo e a veracidade de infundadas afirmações contidas na gravação. Na verdade, as mesmas são falsas, demarcando-se completamente esta SAD do seu conteúdo, reservando ainda o direito de em sede própria agir judicialmente contra os autores desta cabala, na defesa do bom nome desta instituição e em particular do seu presidente, enquanto visado naquela gravação”, lê-se num comunicado publicado no site oficial do emblema do concelho de Santo Tirso.

“A alegada autora de tais afirmações, Estrela Costa, já não faz parte dos quadros desta SAD desde Março, [depois de ter sido] demitida por divergências na gestão e condução dos interesses desta instituição”, esclarece a nota sobre a situação profissional da antiga dirigente, que, nas tais conversas, alude a Armando Silva, presidente do clube, e a “Nick”, apelido pelo qual é conhecido Wei Zhao.

A SAD liderada por Wei Zhao justificou as dívidas com a paralisação da actividade económica na China, motivada pela pandemia de covid-19, mas o processo foi encaminhado pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional para o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol a 3 de Abril.

Os salários dos dois primeiros meses do ano começaram a ser liquidados cinco dias depois, mas o guarda-redes francês Quentin Beunardeau e o avançado brasileiro Welinton Júnior optaram por rescindir os vínculos com o Desportivo das Aves, que pode perder dois a cinco pontos face aos 13 somados em 24 jornadas, nove abaixo da zona de salvação.

O plantel comandado por Nuno Manta Santos está de férias até 27 de Abril, numa decisão acordada há duas semanas com a administração da SAD, antecipando uma possível retoma da I Liga e mudanças no calendário da próxima época.