Tribuna Expresso

Perfil

Atualidade

Antigo jogador do Schalke 04 foi dado como morto em 2016. Agora apareceu vivo e de boa saúde

Hiannick Kamba teria morrido num acidente de viação no Congo, mas agora apareceu vivo na Alemanha. Tudo terá sido um esquema da ex-mulher para cobrar o seguro de vida do jogador

tribuna expresso

Christof Koepsel/Getty

Partilhar

Foi a 9 de janeiro de 2016 que Hiannick Kamba, futebolista congolês formado no Schalke 04, foi dado como morto, depois de um acidente de viação no seu país natal. O antigo lateral direito, que depois de não se conseguir impor na equipa principal e acabou por fazer carreira nas divisões secundárias da Alemanha, tinha na altura 29 anos e tudo teria acontecido depois de uma saída com amigos.

Acontece que, quatro anos depois, o jornal "Bild" descobriu Kamba no noroeste da Alemanha. Vivo e de boa saúde.

De acordo com o diário alemão, Kamba terá sido alvo de um esquema por parte da mulher com quem era casado na altura, que terá forjado a morte do antigo jogador para obter uma certidão de óbito e assim cobrar um seguro de vida que Kamba tinha na Alemanha.

"Kamba diz que foi abandonado pelos amigos durante a noite no interior do Congo em 2016 e que o deixaram sem documentos, dinheiro ou telemóvel", revelou a procuradora da cidade de Essen, Anette Milk, que disse ainda ao "Bild" que o jogador já teria reportado a fraude à embaixada alemã em Kinshasa em 2018.

O jogador está agora sob custódia, enquanto as autoridades investigam o insólito caso.