Tribuna Expresso

Perfil

Atualidade

Colin Kaepernick será protagonista de um documentário da Netflix

Série de seis episódios, realizada por Ava DuVernay, primeira negra com uma obra nomeada para melhor filme nos Óscares, vai retratar a adolescência do quarterback, figura preponderante da luta contra a violência policial nos Estados Unidos

Tribuna Expresso

Thearon W. Henderson

Partilhar

É um dos símbolos da luta contra a brutalidade policial nos Estados Unidos, que lhe valeu o desemprego na NFL, e agora será protagonista de um novo documentário da Netflix. Colin Kaepernick, o quarterback que desafiou o status quo da NFL ao recusar levantar-se para o hino norte-americano, vai juntar-se à realizadora Ava DuVernay, a primeira mulher negra com um filme candidato ao melhor filme nos Óscares ("Selma") para um série de seis episódios com o nome de "Colin in Black & White", que vai retratar a adolescência de Kaepernick, no seio da sua família branca adotiva.

Kaepernick será o narrador da série e sublinha que o documentário pretende "dar uma nova perspectiva para as diferentes realidades que as pessoas negras enfrentam" e, no seu caso particular, os conflitos raciais que foi obrigado a viver como uma criança negra a crescer numa comunidade branca.

"A história do Colin diz muito sobre identidade, desporto e o espírito de protesto e resiliência", sublinha a realizadora Ana DuVernay, vencedora de um Emmy pelo documentário "13th" e também realizadora da mini-série "When They See Us".