Tribuna Expresso

Perfil

Atualidade

CDS questiona ministra da Saúde: "Estão a trabalhar nas orientações para a retoma da prática do desporto de escalões mais jovens?"

O CDS enviou perguntas a Marta Temido, ministra da Saúde, e a Tiago Brandão Rodrigues, ministro da Educação, sobre prazos da retoma da atividade desportiva nos escalões jovens. Na quinta-feira, o partido já tinha emitido um comunicado a criticar as orientações da Direção-Geral da Saúde, que apenas permitiram o regresso à competição dos escalões seniores de várias modalidades desportivas

Tribuna Expresso

Evening Standard/Getty

Partilhar

O CDS questionou a ministra da Saúde e o ministro da Educação se "estão a trabalhar nas orientações para a retoma da prática do desporto de escalões mais jovens" e quando é que estes poderão retomar a prática "em todas as modalidades desportivas" no país, devido às "várias reações de descontentamento por parte de federações desportivas".

As perguntas, assinadas pelos deputados João Pinho de Almeida e Ana Rita Bessa, foram enviadas para a Assembleia da República, tendo Marta Temido e Tiago Brandão Rodrigues como destinatários, criticam as orientações divulgadas, na quinta-feira, pela Direção-Geral de Saúde (DGS) - como o partido já o fizera nesse mesmo dia - pelas restrições impostas a atletas entre os 5 e os 18 anos, "que representam, no fundo, a esmagadora maioria dos praticantes das várias modalidades".

Os deputados avisam, também, para o risco de "pequenos clubes" que "fazem formação nas diversas modalidades" poderem vir a encerrar, porque "vivem das mensalidades dos pais dos atletas" e a DGS "continua sem definir as regras para a assistência aos jogos e/ou treinos, o que no caso dos pais é mais um argumento contra a inscrição dos filhos nos clubes".

Na quinta-feira, o CDS criticara as orientações para o desporto infantil e jovem, considerando "inadmissível que apenas os escalões seniores possam retomar modalidades como futebol, andebol, voleibol, basquetebol, râguebi" e que "o regresso às aulas ocorra sem desporto e o inverno sem atividade física, num país em que o desporto escolar tem uma fraquíssima implantação".

As questões enviadas para os gabinetes de Marta Temido e Tiago Brandão Rodrigues:

1- Estão a Secretaria de Estado da Juventude e Desporto (SEJD) e a Direção-Geral da Saúde (DGS) a trabalhar nas orientações para a retoma da prática do desporto de escalões mais jovens?

2- Quando é que estes escalões vão poder retomar a sua prática em todas as suas modalidades?

3- Estão a SEJD e a DGS a trabalhar nas orientações para a permissão de público nos recintos desportivos?

4- Qual o horizonte temporal para que tal se concretize?

5- A SEJD e a DGS equacionaram a autorização de presença nos recintos desportivos a pessoas que direta ou indiretamente trabalham nas diversas modalidades? Se sim, porque é que essa autorização ainda não foi concretizada? Se não, quando será?

O partido enviou, também, perguntas relativas à retoma do desporto adaptado, questionando quando será o Comité Paralímpico de Portugal e/ou as federações consultadas para "acompanharem a elaboração" das normas.