Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Atualidade

A 3 de maio o público regressa ao futebol (com um Benfica-FC Porto e um Benfica-Sporting por disputar). E à F1? É possível

António Costa anunciou a reabertura "a conta-gotas" da sociedade portuguesa há minutos. A lotação dos recintos será definida pela DGS e ainda há a possibilidade de o regresso dos adeptos ser antecipado se os números continuarem baixos: a 19 de abril. Quanto ao GP de Portimão, fonte próxima do Governo diz que é possível que venha a ter público

Pedro Candeias

EDUARDO COSTA

Partilhar

António Costa anunciou "às portuguesas e aos portugueses" o plano de reabertura da sociedade portuguesa, agora que os números de casos da covid-19 se encontram em valores que permitem vislumbrar uma pequena luzinha ao fundo do túnel pandémico.

Num regime "a conta-gotas", ou seja, faseado, o Governo afirmou que a partir de três de maio o público pode regressar aos estádios de futebol e a todas as outras modalidades desportivas. De forma parcial, porque a lotação será definida pela Direção-Geral de Saúde quando o momento chegar.

Todavia, se a situação continuar a evoluir favoravelmente, é possível que o futebol regresse até a 19 de abril, pois, no plano apresentado por António Costa, a partir desse dia serão possíveis "eventos exteriores com diminuição de lotação".

Registe-se que a presença de adeptos já não se verifica em Portugal desde o início de março de 2020 - há mais de um ano - embora tenham tido lugar algumas exceções, por exemplo, no estádio do Santa Clara: a 27 de fevereiro, os açorianos receberam o Paços de Ferreira (2-1).

Quais as jornadas?
Olhando para o calendário da Liga Portugal, cujos horários ainda estão por definir, poderão ser disputadas cinco jornadas (da 30.ª à 34.ª), e há alguns jogos importantes a destacar: o Benfica - FC Porto (31.ª) e o Benfica - Sporting (33.ª).

E a Fórmula 1? E a MotoGP?
O Grande Prémio de Fórmula 1 disputa-se a 2 de maio, em Portimão, e fonte próxima do Governo disse à Tribuna Expresso que o evento terá público nas bancadas, se os números continuarem controlados. O GP de MotoGP, que se disputa duas semanas antes no mesmo circuito, poderá eventualmente servir de teste-piloto para a corrida dos monolugares.