Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Atualidade

Flamengo quer assumir controlo do Tondela e chegar à Liga dos Campeões em sete anos

O jornal "Globo" avança pormenores do projeto de internacionalização da marca do clube brasileiro, que foi discutido numa reunião do Conselho de Administração na última quinta-feira. O Flamengo quer ter presença num clube português, que será o Tondela, e chegar rapidamente às competições europeias

Tribuna Expresso

BRUNA PRADO/Getty

Partilhar

A apresentação do projeto aconteceu na quinta-feira: numa reunião do Conselho de Administração, a direção do Flamengo propôs a internacionalização da marca do clube com mais adeptos no Brasil através da compra de um clube em Portugal. A proposta terá tido grande aceitação e o clube português em questão, diz o jornal “Globo”, é o Tondela, apesar de Rodrigo Tostes, o vice-presidente para a área financeira do clube, não ter referido nomes.

Este sábado, o jornal dá mais pormenores sobre o projeto do emblema do Rio de Janeiro. De acordo com o “Globo”, o Flamengo precisa de um financiamento na ordem dos 50 milhões de euros para avançar com a ideia e já estará a negociar com o banco BTG Pactual. O Tondela seria uma espécie de equipa de desenvolvimento do Flamengo, recebendo vários jogadores jovens, mas as ambições não se ficam por aí: diz a publicação que a ideia será chegar às competições europeias em dois anos e à Liga dos Campeões em sete ou oito anos.

A futura centralização dos direitos televisivos do futebol em Portugal é algo que também agrada aos dirigentes do Flamengo, já que vai permitir aos clubes portugueses aumentar receitas.