Tribuna Expresso

Perfil

Automobilismo

Filipe Albuquerque vence 24 Horas de Le Mans na categoria LMP2 e sagra-se campeão mundial de resistência

O português, que faz equipa com os britânicos Phil Hanson e Paul di Resta na United Autosports, bateu a equipa Jota, do outro português em prova, António Félix da Costa, que terminou em 2.º na categoria

Tribuna Expresso e Lusa

EDDY LEMAISTRE/Getty

Partilhar

Dia histórico para Portugal nas míticas 24 Horas de Le Mans, com Filipe Albuquerque (United Autosports) a vencer este domingo na categoria LMP2, a segunda mais importante, sagrando-se também campeão mundial de resistência - só precisa de estar presente na última prova do WEC, no Bahrain, em novembro.

O português, que faz equipa com os britânicos Phil Hanson e Paul di Resta, bateu a equipa Jota do outro português em prova, António Félix da Costa, que correu ao lado de Anthony Davidson e Roberto González.

Em termos de classificação geral, a United Autosports foi 5.ª e a Jota 6.ª.

A prova ficou marcada pela emoção nos minutos finais, quando o carro 22, da equipa de Albuquerque, mas então conduzido por Phil Hanson, foi obrigado a parar na box para reabastecer, com a equipa de Félix da Costa a ficar muito perto de ultrapassar o carro da United Autosports. Mais tarde, Anthony Davidson parou também, decidindo então o destino da corrida para os dois portugueses.

A corrida, que este ano não teve adeptos nas bancadas, foi ganha pelo Toyota oficial do suíço Sébastien Buémi, do neozelandês Brendon Hartley e do japonês Kazuki Nakajima. É a 3.ª vitória consecutiva do construtor japonês nas 24 Horas de Le Mans.