Tribuna Expresso

Perfil

Automobilismo

Taça de Portugal de Karting. Combustível, borracha e um cheirinho a primavera

Neste fim de semana o traçado do Kartódromo Internacional do Algarve foi o escolhido para se decidir o primeiro título do ano do Karting Nacional. A cargo da organização do AIA motor Club, e após quase 3 meses de confinamento, o arranque não poderia ter sido melhor para os 62 pilotos inscritos, que iniciaram este sábado mais uma “rodada"

Partilhar

Neste fim de semana o traçado do Kartódromo Internacional do Algarve foi o escolhido para se decidir o primeiro título do ano do Karting Nacional. A cargo da organização do AIA motor Club, e após quase 3 meses de confinamento, o arranque não poderia ter sido melhor para os 62 pilotos inscritos, que iniciaram este sábado mais uma “rodada” temporada.

Já com um cheirinho a primavera, os participantes distribuíram-se por 6 categorias: Iniciação, Cadete 4 T, X30 Mini, Júnior, X30 e X30 Super Shifter.

Domingo foi dia de mais uma manga de qualificação, uma Pré-Final e a tão almejada Final, de onde saíram os vencedores da Taça de Portugal 2020, a prova que todos desejam ganhar.

Na categoria Iniciação foi Xavier Lazaro quem subiu ao Pódio. Sob o olhar atento do Pai, Vasco Lázaro, o pequeno “grande” piloto provou, que “filho de peixe sabe nadar” e nesta temporada irá dar que falar com certeza.

Já David Luís conseguiu a vitória na Cadete 4T, tendo estado sempre na liderança da tabela, durante o fim de semana.

Gustavo da Silva vence a X30 Mini, com distinção. O piloto de Cascais conquistou assim a Taça de Portugal de Karting 2020, sendo o seu primeiro grande título nesta modalidade.

Já na Júnior é Duarte Pinto Coelho quem sai vitorioso. O campeão nacional da categoria entrou com o pé direito e garantiu a tão almejada “dobradinha”.

Tomás Caixeirinho soma mais uma vitoria. A confiança do piloto fez-se sentir durante toda a competição e trouxe ainda mais certezas para o arranque da temporada.

Foi Ricardo Borges que subiu ao Pódio à geral X-30 Super Shifter. Vencedor também na sénior, Ricardo não poderia estar mais feliz.

Na mesma categoria, Vasco Lázaro foi o quarto classificado à geral e o vencedor da Taça de Portugal na classe Master. Tendo já festejado a vitória do filho na categoria Iniciação, este fim de semana não poderia ter sido melhor.

Diogo Teixeira foi 8.º à geral e venceu a Taça de Portugal na classe Gentleman. Com o início da temporada marcado para França, Diogo estava mais do que orgulhoso desta vitória nacional.

Dois dias memoráveis e plenos de emoções fortes marcaram assim o arranque desta temporada, provando que o karting não tem idade mas move-se de paixão