Tribuna Expresso

Perfil

Pedro Candeias

Pedro Candeias

Editor

Começou no Record, fez parte do grupo que fundou o I e está no Expresso desde 2011. Ganhou duas coisas: revelação do ano no Record e jornalista desportivo do ano de 2013 para o CNID. Tem os troféus guardados no armário lá de casa tal como os futebolistas têm os deles. É que ele gosta de futebol mas o futebol não gosta dele e à falta de jeitinho faz o que pode para se manter próximo - escreve-o e descreve-o. E esta história de amor-ódio já o levou a muitos lugares - e a um Europeu e a um Mundial. E, de vez em quando, à SIC Notícias. Siga-o no Twitter

  • PJ confirma acordo para pagamentos do “Correio da Manhã” a falso denunciante do Cashball

    Atualidade

    Relatório da Judiciária revela que o empresário Paulo Silva fez um acordo para receber 30 mil euros daquele jornal para dar uma entrevista sobre os alegados pagamentos corruptos a árbitros de andebol e jogadores de futebol. Octávio Ribeiro diz que a alegação é "surreal" e que tem "a certeza" que não saiu "um cêntimo do orçamento do Correio da Manhã". Escuta revela queixas de Paulo Silva por não ter recebido a quantia acordada

  • Lionel Messi é implacável e é mais fácil aceitá-lo assim

    Futebol internacional

    Durante muito tempo, foi retratado como o tipo bonzinho, obediente, discreto e humilde, em contraposição com os jogadores espalhafatosos, arrogantes, vaidosos e mal-educados. Nomeadamente, Cristiano Ronaldo, o que deu jeito do caraças para vender a história de dois génios contemporâneos que não podiam ser mais diferentes um do outro: no tipo de talento, nas relações familiares e na forma como se comportavam no relvado, no balneário e, por fim, em sociedade. Mas afinal Messi é impiedoso a exercer a sua autoridade e isso é ok: praticamente todos os que ocupam a posição que ele ocupa o são

  • Benfica: Big é grande, ZZ é top

    Benfica

    Deu para tudo: rodar plantel, dar minutos, testar soluções, marcar golos, ganhar um jogo e somar três pontos. O Benfica resolveu na segunda-parte um jogo que dominou do início. Darwin, que Jesus diz ser um "Big jogador", desta vez não marcou, mas houve dois golos de Pizzi e outro de Waldschmidt, a quem o médio português 'ofereceu' o penálti. No final, J.J. elogiou Pizzi por ter agido "como um capitão"

  • Luís Filipe Vieira, o homem que não se deixa agarrar

    Benfica

    Votaram mais de 38 mil sócios e Luís Filipe Vieira somou 471.660 votos (62,59%); João Noronha Lopes terminou a corrida em segundo com 261.754 votos (34,71%) e Rui Gomes da Silva obteve um resultado desastroso, com 12.341 votos (1,64%), ligeiramente acima da votação em branco (1,16%, correspondentes a 8 mil votos). Mas este triunfo, mais ou menos esperado apesar de algumas expectativas geradas, não pode ser desvalorizado ou visto como uma mera formalidade: Vieira prevaleceu com uma margem confortável. E os outros?

  • Eleições do Benfica em direto. Luís Filipe Vieira reeleito presidente com 62,59% dos votos

    Benfica

    Luís Filipe Vieira, presidente em exercício há 17 anos, foi reeleito para um sexto mandato pela margem mais reduzida de sempre. João Noronha Lopes teve 34,71% dos votos e Rui Gomes da Silva acabou com 1,74%. Registou-se a maior participação da história dos atos eleitorais do Benfica, com pelo menos 38.102 sócios votantes, número que bateu o anterior recorde, de 2012. Acompanhe ao minuto na Tribuna Expresso