Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Rui Vitória: "Em agosto não há equipas perfeitas. O resultado peca por escasso, vamos ser uma equipa forte"

O treinador do Benfica lamentou o facto de a equipa apenas vencido por 1-0 perante um Fenerbahçe que "com uma postura mais defensiva" que procurou retardar o golo"

Tribuna Expresso

Carlos Rodrigues

Partilhar

"Sim, peca por escasso. Fomos a equipa que procurou mais o golo. Penso que as duas equipas vieram com objetivos diferentes para este jogo. O Fenerbahçe veio com uma postura mais defensiva, procurou retardar o golo, talvez empatar ou esperar uma jogada de sorte para marcar. Fizemos uma exibição em crescendo, a segunda parte foi de bom nível e com oportunidades para marcar mais golos.

Sei que estamos na 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões, mas estas duas equipas são de Liga dos Campeões."

"O Fenerbahçe passou o nosso meio-campo duas ou três vezes. Repito, fizemos uma boa segunda parte, com uma dinâmica interessante. A Liga dos Campeões é isto: marcar e não sofrer. O desempenho de todos os jogadores agradou-me.»

Porque trocou Ferreyra por Castillo

"Queríamos aumentar a agressividade. O Fenerbahçe estava à espero do erro e nós tínhamos de ser proactivos. Com o Castillo ganhámos agressividade, profundidade e combatividade. Fomos agressivos na forma como atacámos. Chegámos a zonas de drible, metemos mais homens na área. Foi pena não marcarmos mais golos."

"O Fenerbahçe foi caindo. Penso que fomos melhores e vencemos por 1-0. É um resultado importante, mas vamos à Turquia disputar o jogo. Esta equipa está feita para ganhar e disputar este tipo de jogos. Vamos à Turquia para ganhar."

O estado da equipa no primeiro jogo oficial da época

"Foi o primeiro jogo da época. Existe ansiedade da parte de jogadores e adeptos. Na segunda parte penso que todos se libertaram. Em agosto não há equipas perfeitas. Há bons indicadores de crescimento, vamos ser uma equipa forte. Na sexta-feira vamos ter um desafio importantíssimo e esse é o nosso foco."

As (poucas) palavras sobre Jonas

«Acho que o presidente já falou sobre esse assunto. Acho que não há mais nada a acrescentar.»