Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

A toupeira pariu um rato: Benfica ilibado de todos os crimes

SAD do Benfica consegue uma vitória em tribunal e é ilibada no processo e-toupeira. Paulo Gonçalves e o funcionário José Augusto Silva vão ser os únicos a responder em tribunal pelos crimes de corrupção e violação do sigilo profissional

Rui Gustavo e Tiago Miranda

Tiago Miranda

Partilhar

A juíza Ana Peres destruiu grande parte da acusação do processo e-toupeira e decidiu que o principal acusado não vai a julgamento. A SAD do Benfica foi ilibada dos 30 crimes de que era acusada - 28 de falsidade informática e ainda corrupção e oferta indevida de vantagem - e como tal não vai ter de ir a julgamento. Passou assim o primeiro teste na justiça - a SAD ainda é investigada nos processos Mala Ciao e e-mails.

Júlio Loureiro, escrivão e observador de árbitros, também foi despronunciado de todos os crimes de que era acusado.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. Pode usar a app do Expresso - iOS e Android - para descarregar as edições para leitura offline)