Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Bruno Lage: “Tenho 42 anos, sou pai, apesar de muita gente me tratar como um rapaz”

O presidente do Benfica fez uma curta declaração a lançar o novo treinador, Bruno Lage, que também falou sobre aspectos técnicos, táticos e emocionais. E sobre Rui Vitória. Leia tudo o que foi dito na sala encarnada

Tribuna Expresso

Athena Pictures

Partilhar

A declaração de Vieira

“O que está para trás, está para trás mesmo. Estamos muitos gratos a Rui Vitória pelos títulos que nos deu e também acho que ele está feliz pelo que fez connosco. Depois, nunca contactámos nenhum empresário, nenhum treinador, desde a primeira hora. O Benfica não contactou A, B, C. Não sei quem é que fez essa história. A primeira opção é este senhor que está aqui ao meu lado: Bruno Lage. Ele está identificado com a nossa casa, a nossa causa. É pedir o máximo de apoio a todos os benfiquistas, à procura dos objetivos que nós ansiamos. Queremos ser felizes e merecemos ser felizes”

A conferência de Bruno Lage

A tática
“Estamos num processo de transformação de 4x3x3 para 4x4x2. Queremos jogar bom futebol, reconquistar os adeptos, jogando bom futebol. O nosso trabalho tem sido esse: preparar o 4x4x2 a atacar e a defender. Os jogadores não têm dito nada, mas eu senti logo no olhar dos jogadores. São os tais fellings. Olhei para eles e senti que ia ser o líder deles e as coisas têm seguido de uma forma muito natural”

O nós
“O mais importante é equipa. Temos de deixar de lado o eu de cada um, treinadores e equipa técnica. Relativamente à equipa é muito cedo para falarmos sobre isto. Estamos a transitar um modelo, um novo esquema, e o facto de estarmos a jogar de três em três dias... queremos trabalhar este novo sistema”.

O orgulho
“Estou muito orgulhoso pelo meu percurso nesta casa. Começo por agradecer ao presidente, e que a formação também já chegou aos treinadores e não só aos jogadores. Também chegámos cá acima. Sou um bocadinho terra-a-terra: quando estás realizado, tudo o que vier é um acréscimo. Tenho 42 anos, sou pai, apesar de muita gente me tratar como um rapaz. Eu queria ser professor de educação física, mas depois, com a chegada ao Benfica, as coisas foram acontecendo.Agora, é jogo a jogo. Sem o currículo e sem o estatuto que vocês entendem ser o necessário para um treinador do Benfica... o que interessa são os resultados. Vejam o estatuto do treinador campeão pelo Leicester; no ano seguinte, saiu”

O apoio que Rui Vitória disse não ter
“Também andei mais apoiado quando estava de muletas [Bruno Lage teve uma rotura no tendão de Aquiles]. O que me preocupa é tarefa, treino e jogo