Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Benfica

Advogados de Rui Pinto assumem pirataria de emails e tentam evitar extradição

Advogados de Rui Pinto assumem pirataria de emails do Benfica e tentam evitar extradição

Lusa

Rafael Marchante

Partilhar

Os advogados de Rui Pinto, o alegado hacker que terá acedido ilegalmente a emails do Benfica, defenderam esta tarde a sua conduta, por te denunciado “práticas criminosas” e vão opor-se à sua extradição da Hungria, onde foi detido na quarta-feira. Os advogados William Bourdon e Francisco Teixeira da Mota dizem em comunicado que Rui Pinto, de 30 anos, é um amante de futebol “indignado com práticas vigentes neste desporto” e que “decidiu contribuir para o conhecimento público da extensão dessas práticas criminosas”.

“O Sr. Rui Pedro Gonçalves Pinto tornou-se num importante denunciante europeu no âmbito dos chamados 'Football Leaks', relembrando-se que muitas revelações feitas ao abrigo destas partilhas de informação estiveram na origem da publicação, durante vários anos, de notícias que deram lugar à abertura de muitas investigações em França e noutros países europeus”, acrescenta o comunicado.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. Pode usar a app do Expresso - iOS e Android - para descarregar as edições para leitura offline)