Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Mercado de transferências fechado, Benfica sem qualquer aquisição 

Avançado chileno do clube da Luz Nicolás Castillo vai reforçar o Club América, do México.

Partilhar

O mercado de transferências está fechado em Portugal. O Benfica aproveitou o último dia para reduzir o número de jogadores e os custos com o plantel.

Três contratações para esta época, que não conseguiram afirmar-se, deixaram o clube da Luz. Nicolás Castillo vai reforçar o Club América do México. O avançado chileno sai do Benfica sem marcar um único golo mas rende aos cofres encarnados cerca de 7 milhões de euros.

Outro avançado que chegou esta temporada e que também não convenceu os benfiquistas foi Facundo Ferreyra. O argentino está confirmado no Espanhol de Barcelona por empréstimo até junho de 2020.


Com Ferreyra segue também Alfa Semedo para o Espanhol de Barcelona. O médio contratado no último verão ao Moreirense será cedido até ao final desta época. Um negócio que não prevê qualquer opção de compra.

Neste mercado de inverno, o FC Porto foi um dos clubes mais ativos. Loum é o último reforço dos dragões. O médio senegalês estava cedido pelo Braga ao Moreirense e chega agora ao Porto, também por empréstimo, até ao final da época. O acordo por Loum prevê uma opção de compra obrigatória no valor de 7,5 milhões de euros.


Em sentido contrário está Sérgio Oliveira. O médio português perdeu espaço na equipa de Sérgio Conceição e foi emprestado até ao final da temporada aos gregos do PAOK.


No Sporting, Marcus Acuña é o nome que tem agitado o mercado. Há uma proposta do Zenit e o médio argentino pode sair nos próximos dias porque o mercado na Rússia só encerra a 22 de fevereiro.