Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

“O Benfica é outro grande sorteio para nós", alegra-se o treinador do Eintracht. Paciência deixou palavras bonitas para... o Estádio da Luz

Benfica e Eintracht vão encontrar-se nos dias 11 e 18 de abril. O vencedor desta eliminatória vai defrontar o Chelsea ou Slavia de Praga, no início de maio

Tribuna Expresso

TF-Images/Getty Images

Partilhar

Seis vitórias em seis jogos é um belo cartão de visita para quem não conhece o Eintracht Frankfurt. O grupo na Liga Europa até contava com Lazio e Marselha. Seguiram-se triunfos contra Shakhtar e Inter de Milão. O Benfica de Bruno Lage é o próximo freguês.

“O Benfica é outro grande sorteio para nós. Estou muito entusiasmado por isso”, começou por dizer Adi Hutter, o treinador austríaco de 49 anos. “O Benfica é um grande nome na Europa e tem uma grande equipa. Vai ser um desafio interessante.”

Hutter tem à disposição um português que vai ganhando espaço na equipa. “Vai ser uma grande eliminatória”, começou por dizer ao site do clube Gonçalo Paciência. "Vamos defrontar uma equipa com muita qualidade e vamos poder jogar num maravilhoso e impressionante estádio. Nós também temos um estádio brilhante e uma equipa forte, claro. Estou ansioso por jogar em Portugal e estou determinado a eliminar o Benfica e passar à próxima ronda. Temos tempo suficiente para nos prepararmos.”

Luka Jovic, um avançado emprestado pelo Benfica que já leva 22 golos, fala no regresso à capital portuguesa. “Vai ser muito interessante para nós. Estou obviamente ansioso por regressar a Lisboa e encontrar-me com uma ou duas pessoas. Vai ser renhido. A melhor equipa vai seguir em frente.”

Benfica e Eintracht vão encontrar-se nos dias 11 e 18 de abril. O vencedor desta eliminatória vai defrontar o Chelsea ou Slavia de Praga, no início de maio.

Ciao, Giuseppe Meazza

Hutter estava maravilhado por a sua equipa ter eliminado o Inter de Luciano Spalletti. “Queria dar os parabéns a toda a equipa pela exibição de ontem. Foi impressionante. Tive um bom feeling desde o primeiro minuto. Também quero agradecer ao meu staff técnico, que esteve soberbo. Somos uma unidade próxima, jogadores e staff, e vocês viram isso na noite passada.”

E continuou: “Não consigo descrever como me senti a celebrar com os adeptos no campo depois do jogo. Eles dão-nos um grande feeling. A equipa não parou durante os 90 minutos. (...) Se não concedes golos contra o Inter em dois jogos e és a melhor equipa em ¾ do tempo, então mereces seguir em frente.”