Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Bruno Lage: "Se as bolas tivessem entrado, de um lado e de outro, teríamos um resultado de 4-2 ou 5-2"

A análise de Bruno Lage ao Benfica-Tondela (1-0), da 27ª jornada da Liga

Tribuna Expresso

PATRICIA DE MELO MOREIRA/Getty

Partilhar

A vitória

"Foi um jogo muito difícil, mas uma vitória justa. Tivemos um início bom, criámos duas ou três oportunidades boas. O Rafa isolado, a proporcionar ao guarda-redes adversário uma excelente defesa. A meio da primeira parte, começámos a sentir algum nervosismo. Coisas que não são habituais, a perder a bola, a não tocar tão rápido e a cometer alguns erros a jogar em excesso entrelinhas.

Tentámos corrigir ao intervalo, até com a entrada do Seferovic, para procurar a profundidade, começar a obrigar a ir à largura, procurar Grimaldo e André, para forçar a entrada de cruzamentos entre defesas. Sentimos que era por aí, criar situações de cruzamento.

Foi o tentar desmontar com a entrada do Adel [Taarabt] e do Jota, manter largura, proporcionar dificuldades ao adversário. E, numa dessas situações, a bola chega à largura e, como viram, entre defesas, aparecem Jonas e Seferovic em situação de finalização e conseguimos o golo da vitória."

Dificuldades

"Mérito também do Tondela, pelo que fez na organização defensiva, também criou oportunidades. Acredito que se as bolas tivessem entrado, de um lado e de outro, teríamos um resultado de 4-2 ou 5-2, mas o que conta, e a faltar oito jogos, era continuar a somar pontos. Satisfeito por isso."

Estreia de Taarabt

"Sente-se uma enorme empatia, o exemplo é a forma como receberam o Adel [Taarabt], fantástica. Comemorar fortalece o grupo e a equipa, é isso que pretendemos para as sete finais que aí vêm."

Apostámos no mesmo onze que jogou muito bem em Moreira de Cónegos, não estivemos tão bem por aquilo que já disse, mas o mais importante é, após uma paragem de 15 dias, ter capacidade, momentos bons, voltar a estar ligados, olhar uns para os outros e termos a nossa equipa. Depois foi tentar arriscar, mas é uma reentrada positiva no último terço, vitória justa de uma equipa que foi à procura e correu riscos."