Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

“Há poucos dias ele disse-me: “Pai, não é uma questão de dinheiro, eu quero jogar””

Luka Jovic foi emprestado em 2017/18 pelo Benfica ao Eintracht, e é por lá que o jogador deve continuar num futuro próximo. Esta noite há SLB - Eintracht Frankfurt, para a Liga Europa

Lusa

Leon Kuegeler

Partilhar

O futebolista internacional sérvio Luka Jovic, emprestado pelo Benfica ao Eintracht Frankfurt e pretendido por vários clubes, segundo a imprensa, vai continuar no clube alemão, revelou esta quinta-feira o seu pai.

"O Luka e eu tivemos várias ofertas, uma delas de Barcelona, mas ele não está interessado", afirmou o pai do jogador, em entrevista ao jornal diário alemão Bild.

Milan Jovic justificou a situação em relação ao avançado, de 21 anos, pela vontade do próprio em jogar com regularidade.

"Há poucos dias ele disse-me: 'Pai, não é uma questão de dinheiro, eu quero jogar'. Ele não sabe se terá essa possibilidade num grande clube", explicou o pai do jogador, no dia em que o Eintracht defronta o Benfica, nos quartos de final da Liga Europa.

Luka Jovic foi emprestado em 2017/18 pelo Benfica ao Eintracht e cumpre a segunda época na equipa germânica, na qual tem 24 golos marcados em 38 jogos, 17 dos quais na 'Bundesliga', competição em que é o segundo melhor marcador.

"Ele vê a possibilidade de se qualificar para a Liga dos Campeões com o Eintracht [quarto na Bundesliga] e manter-se aqui", acrescentou o pai.

O Eintracht também já manifestou, através do seu diretor desportivo, Fredi Bobic, vontade em acionar o direito de opção de compra do passe do jogador que consta no empréstimo do avançado pelo Benfica.

Hoje, a partir das 20:00 no Estádio da Luz, Luka Jovic reencontra o Benfica na primeira mão dos quartos de final da Liga Europa, num jogo que o avançado está "muito desejoso de jogar", segundo revelou o treinador Adi Hutter.Jovic chegou ao Benfica com 19 anos, em 2015/16, mas não teve espaço na equipa principal, disputando apenas quatro jogos em duas épocas, com maior utilização na equipa B (18 jogos), para acabar acabando cedido ao Eintracht.

Lusa