Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Bruno Lage: "Aqui estou eu para assumir. Serei sempre o rosto do insucesso"

Técnico do Benfica aborda a derrota na última jornada e o encontro desta jornada, frente ao Sp. Braga

Tribuna Expresso

Rafael Marchante

Partilhar

Sp. Braga

“Cuidados máximos, pelo bom início da época e prestações que têm vindo a fazer. É um jogo difícil, fora de portas, mas nós estamos com a ambição de sempre para fazermos um bom jogo e vencer. Têm alas com características mais de jogo exterior, outros mais de jogo interior, a própria dinâmica dos laterais é diferente em função dos alas que jogam à sua frente”

Possíveis alterações

“Admitimos tudo. Todos nós vivemos de rendimento. Agora, se olharmos só para a posição de lateral-direito ou dos avançados, que tem sido muito comentada, estamos a responsabilizar. Se o Nuno Tavares jogou a defesa direito, sendo um esquerdino, a responsabilidade é minha. Tínhamos André Almeida lesionado, Ebuehi lesionado, Tomás Tavares em período de férias a vir da seleção. Foi a melhor solução que encontrámos. Mas perdemos todos e aqui estou eu para assumir. Serei sempre o rosto do insucesso, como fui o ano passado na eliminação da Taça de Portugal e da Liga Europa”

Trabalhar após vitórias e após derrotas

“A diferença é apenas o resultado, a nossa forma de trabalhar não muda. Saímos de um jogo, fazemos a análise, preparamos a semana de treinos e o jogo seguinte. O apontamento mais difícil de registar esta semana foi o falecimento da filha do Paulo Vaz, técnico de equipamentos, e no dia seguinte do irmão do nosso chefe de segurança Paulo Magalhães. E o falecimento da menina do Luis Enrique. Isto é que são coisas difíceis de ultrapassar e que nos marcam”

Plantel

“O nosso objetivo é ter um plantel curto, equilibrado e muito competitivo para as competições nacionais e internacionais. Eu nunca vou dizer ao presidente que este jogador não pode sair, porque há uma gestão para fazer e o lado financeiro tem contado nesse aspeto. Em gestão desportiva dou as minhas opiniões, mas sobre gestão financeira não passa por mim”

Champions

“Ainda é prematuro fazer análises, agora dois aspetos: grupo muito equilibrado com equipas interessantes e equipas com sistemas táticos diferentes, uma em 4x4x2, outra em 4x3x3 e outra com uma linha de cinco”