Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Um abraço neste ponto de encontro, Bruno Lage? "O jogo não é entre treinadores, é entre duas equipas"

O Benfica joga com o Rio Ave este sábado (18h, BTV), jogo que também é um ponto de reencontro de Carlos Carvalhal com Bruno Lage, seu antigo adjunto no Sheffield Wednesday e no Swansea City, em Inglaterra - e de Lage com o irmão, Luís Nascimento, que integra a equipa técnica do clube de Vila do Conde. Mas, na conferência de imprensa de antevisão ao encontro, o treinador do Benfica disse que não é isso que importa

Tribuna Expresso e SIC Notícias

Partilhar

Os reencontros

"Temos de dividir o jogo por dois planos. O primeiro emocional, por aquilo que me liga à equipa técnica, ao Carlos Carvalhal, ao João Mário, ao Luís [Nascimento], mas depois de uma forma fria, tenho de ver o jogo por aquilo que são os 90 minutos, que é o mais estratégico e tático e perceber o que são as competências do Rio Ave, a sua forma de jogar.

O jogo não é entre treinadores, é entre duas equipas, entre o Benfica e o Rio Ave, a curiosidade são estes reencontros nas carreiras, e não é caso único, já aconteceu outras vezes. É verdade que temos um passado em comum.

Quando cheguei ao Benfica, tive a oportunidade de estagiar com ele [Carlos Carvalhal] no Belenenses e no Vitória. Depois reencontrei-o no Dubai, no Al Ahly, e surgiu o convite para trabalhar com ele durante três anos em Inglaterra. Já são muito anos juntos. Também escrevemos um livro, juntamente com o João Mário. É um treinador sobre quem tenho enorme admiração, somos amigos. O João Mário é como um irmão, depois tem outro adjunto é o irmão de sangue."

Falaram sobre isso?

"Não tivemos tempo para isso. Com jogos tão consecutivos não há tempo para dormir, quando mais para falar com quem quer que seja."

O jogo propriamente dito

"Temos de estar no nosso melhor para vencer, voltar a fazer uma boa exibição perante os nossos adeptos. O nosso grande objetivo é conquistar os três pontos.

Vamos preparados para as dificuldades, para esse nível que o Rio Ave tem apresentado, para olhar um pouco para aquilo que foram os jogos com o Sporting e em casa com o FC Porto para perceber a qualidade, quer coletiva, quer individual dos seus jogadores, acrescentando à qualidade da equipa técnica."