Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Bruno Lage: “Este dérbi e o FC Porto-Braga mereciam ser num fim de semana e às 15h. Vivia-se um sábado de futebol como antigamente”

Na antevisão do dérbi (sexta-feira, 21h15, SportTV), Bruno Lage lamentou o atual calendário da Liga, recordou um episódio curioso em Inglaterra e elogiou Pizzi e Bruno Fernandes: "O melhor exemplo que podemos ter é a relação entre o Pizzi e o Bruno Fernandes: são grandes amigos mas, dentro de campo, se tiverem de meter o pé, metem"

tribuna expresso

RONNY HARTMANN

Partilhar

A importância de Bruno Fernandes no Sporting

"Preparamos o jogo em função do coletivo da equipa. Claro que o Bruno Fernandes é um excelente jogador, eu já o disse anteriormente, e dá um contributo individual muito grande à equipa, mas não acredito que a dinâmica coletiva mude sem ele. Isso é um assunto do Sporting, não é nosso, mas obviamente até o treinador reconhece que há maior qualidade com ele."

O investimento do Benfica no mercado acarreta mais pressão?

"Estiveram atentos às nossas contratações e aos nossos gastos. Eu olho para o Vinicus e vejo um trajeto parecido ao do Luiz Phellype, que agora está no Sporting. É o mercado que dita o valor. Eu olho é para o contributo de cada jogador para a equipa. Queremos é ter um plantel curto, competitivo e equilibrado, com duas opções para cada posição."

Possível quebra física, devido ao calendário apertado

"Não temo. Veja a resposta que demos contra o Rio Ave. Temos dado sempre uma resposta muito forte, um início de 2020 muito forte. Temos uma intensidade muito forte ao longo dos 90 minutos. os jogadores estão rotinados em jogar e recuperar e jogar e recuperar."

Dificuldades do Benfica no controlo da profundidade no setor defensivo

"Curiosamente, nós e o Sporting. Isso foi visível, esses problemas, no primeiro golo do FC Porto em Alvalade. O nosso trabalho de treinadores é isso, é estar em constante avaliação, em termos ofensivos e defensivos, e o controlo profundidade muitas vezes também é o que os avançados podem fazer, não só os defesas. O Rio Ave é muito forte a atacar a profundidade e já tinha provocado esse jogo também em Alvalade. É um processo de evolução e de análise própria e do adversário. Sabemos que o nosso adversário constrói bem, tenta construir a três, com o médio no meio ou ao lado dos centrais, ter muita gente entre linhas, o avançado que procura levar a última linha defensiva para abrir espaço. Temos de fazer um jogo muito competente e saber como pressionar para não dar hispótese ao Sporting de jogar, e depois com bola temos de fazer o noss jogo para criar oportunidades de golo."

O que vale este jogo, mais de 3 pontos?

"Vale apenas três pontos. É assim que vamos disputar o jogo. Queremos jogar bem, vencer e conquistar os três pontos. É o dérbi, é um jogo muito importante, é o dérbi da cidade, o Benfica quer ganhar ao Sporting e o Sporting ao Benfica, seja em que jogo for, seja em que escalão for, já fiz vários dérbis noutros escalões. Queremos que os adeptos fiquem felizes com a nossa vitória."

O calendário da Liga e os jogos à sexta-feira

"Oiça, foi mesmo nesse sentido que foi a minha reflexão. Às vezes é importante nós questionarmos... Às vezes não temos tempo, mas é importante refletir sobre o que acontece no nosso futebol e porquê. Não podemos fazer as coisas só porque sim. Na minha opinião, pelo facto de ter estado lá fora, em Inglaterra... Digo que estava a fazer o aquecimento, num sábado às três da tarde e a meio do aquecimento chega o quarto árbitro a dizer que o jogo tem de ser adiado em meia-hora. A razão era esta: tinha havido um acidente na autoestrada e tínhamos de aguardar pelos adeptos. O jogo vive de quê? Da paixão dos adeptos. Temos de ter respeito. Imagine o jogo com o Rio Ave, que começou às 21h15. A que horas foram para casa? O que é que isso acarreta para os jogadores, que precisam de descanso? Ou para os adeptos? Nós em Portugal somos o único país que usa a braçadeira para o treinador no banco. Sabe que no ano passado recebi uma multa de 500 euros por não ter a bracadeira no braço, quando estava de muletas devido a uma lesão no tendão de Aquiles? Porque é que tenho de estar identificado no banco se todos sabemos quem são os treinadores das equipas? Fazemos só porque sim. Mas às vezes é bom refletir sobre as coisas. O que queremos é que o jogo se viva bem, sem qualquer tipo de problemas, com o adepto a ter condições para assistir aos jogos numa hora decente. Este dérbie o FC Porto-Braga mereciam ser num fim de semana e às 15h. Vivia-se um sábado de futebol como antigamente."

Ambiente do jogo

"Em Inglaterra não há claques e o ambiente é fantástico. O mais importante é apoiar a equipa, de forma organizada ou não. O que mais espero é que não haja problemas, nem antes, nem durante nem depois. O melhor exemplo que podemos ter é a relação entre o Pizzi e o Bruno Fernandes: são grandes amigos mas, dentro de campo, se tiverem de meter o pé, metem. É assim que se deve viver o futebol. Viver de forma apaixonada durante 90 minutos e quando acaba vamos para casa e pensamos no jogo seguinte."

“O Bruno mata-se a defender e seriam precisos três jogadores para o substituir. Não há igual em Portugal”

Silas lançou o dérbi de sexta-feira com o Benfica (21h15, SportTV) respondo a todas as perguntas colocadas, menos uma: quem joga no lugar de Coates se este não for despenalizado. Portanto, leia o que o treinador do Sporting pensa sobre Bruno Fernandes, erros de bola parada, as derrotas e as vitórias