Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

O recandidato à presidência do Benfica fez "uma promessa": trazer José Boto de volta. Problema: voltar a Portugal "não está nos planos" dele

Bruno Costa Carvalho escreveu, este sábado, um post no Facebook no qual promete que, se for eleito presidente do Benfica, promover "o rápido regresso" de José Boto ao clube. "Não falei com ele nem preciso. Sei que terei argumentos para o trazer de volta", assumiu. Mas o diretor de scouting do Shakthar Donetsk diz à Tribuna Expresso que "voltar a Portugal não está nos seus planos"

Diogo Pombo

José Boto tem 52 anos e trocou o Benfica pelo Shakhtar Donetsk no início da época 2018/19

Tiago Miranda

Partilhar

O texto é longo, o estilo esperançoso e a mensagem é de promessa, porque factualmente é o que tem lá escrito - "Se for Presidente do Benfica, promoverei o rápido regresso de José Boto ao Benfica. Farei isso porque José Boto é um dos melhores do mundo. Não falei com ele nem preciso. Sei que terei argumentos para o trazer de volta. É uma promessa".

Quem o escreveu é Bruno Costa Carvalho, recandidato à presidência do Benfica, após já o ter sido em 2009 (derrotado por Luís Filipe Vieira) e em 2016 (desistiu). Bem vistas as coisas, ainda não é claro se poderá concorrer ao cargo nas próximas eleições, agendadas para outubro, pois obrigatório é, segundo os estatutos, que um candidato tenha 25 anos ininterruptos de sócio e Bruno Costa Carvalho conta apenas 18, como o próprio já admitiu.

Todavia, escreveu o post que publicou este sábado na sua página de Facebook, no qual define como "um dos principais objectivos" da sua candidatura "a construção de um Benfica muito forte na Europa, inquestionável numa Superliga ou em qualquer outra competição liderante na Europa", que se consegue, defende, com construindo uma "grande equipa" e por trás de uma grande equipa tem de haver "um grande scouting".

Assim conduz a publicação até José Boto, que esteve 11 anos no Benfica e saiu do clube em 2018 para ser diretor de scouting do Shakthar Donetsk, cargo que ainda ocupa e, à Tribuna Expresso, assegura querer continuar a desempenhar: "Assinei por mais três épocas com o Shakhtar e voltar a Portugal não está nos meus planos".

Bruno Costa Carvalho considerou que "nem precisa" de falar com José Boto para prometer que o trará de volta ao Benfica e a um país para onde não tenciona, tão cedo, regressar.

O responsável pelo scouting do clube ucraniano diz que, realmente, o candidato à presidência do clube da Luz nem sequer o contactou. Afinal, Bruno Costa Carvalho mostrou-se confiante de que terá "argumentos para o trazer de volta". Mas, pelas palavras de José Boto, não parece ser o caso.