Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Luís Filipe Vieira pede "punição exemplar" para "comportamentos inaceitáveis e inqualificáveis"

O presidente do Benfica pediu, através de um comunicado oficial no site do clube, às autoridades para identificarem e punirem os adeptos que vandalizaram as casas de jogadores e atacaram o autocarro do clube

Tribuna Expresso

Gualter Fatia

Partilhar

"Apoio e solidariedade" para as vítimas, "punição exemplar" para os responsáveis. Luís Filipe Vieira solidarizou-se, através de comunicado oficial publicado no site do Benfica, com o treinador Bruno Lage e os jogadores Rafa, Pizzi e Grimaldo, "vítimas, esta madrugada, da vandalização das suas residências privadas com diversas inscrições intimidatórias e ameaçadoras."

O presidente do Benfica apelou às autoridades "o máximo de rigor e exigência na identificação e punição exemplar dos responsáveis por estes atos delinquentes", acrescentando que já foram apresentadas queixas.

Vieira repudia também o que qualifica de "comportamentos inaceitáveis e inqualificáveis, a que recorrentemente temos assistido no futebol português, e que deverão ser tratados com total intransigência por parte das entidades competentes."

O comunicado do presidente do Benfica

"O Sport Lisboa e Benfica manifesta o seu total apoio e solidariedade para com o nosso treinador Bruno Lage e os nossos jogadores Rafa, Pizzi e Grimaldo, vítimas, esta madrugada, da vandalização das suas residências privadas com diversas inscrições intimidatórias e ameaçadoras.

Do ocorrido, foi de imediato dado conhecimento às autoridades, a quem apelamos o máximo de rigor e exigência na identificação e punição exemplar dos responsáveis por estes atos delinquentes, conforme queixas já apresentadas.

O Sport Lisboa e Benfica reitera o seu profundo repúdio e condenação por estes comportamentos inaceitáveis e inqualificáveis, a que recorrentemente temos assistido no futebol português, e que deverão ser tratados com total intransigência por parte das entidades competentes.

Aproveitamos também para reforçar e manifestar igual apoio e solidariedade para com os jogadores Julian Weigl e Zivkovic, ontem atingidos pelos estilhaços dos vidros partidos ao autocarro dos jogadores e que felizmente se encontram a recuperar bem.

Luís Filipe Vieira

Lisboa, 5 de junho de 2020"

Fernando Gomes enviou SMS a Bruno Lage, falou com Luís Filipe Vieira e agora diz: “Estes atos mancham, de novo, a imagem do futebol”

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol emitiu, esta sexta-feira, um comunicado a condenar o apedrejamento do autocarro do Benfica, classificando-o como um "ato bárbaro e cobarde" que exige que "os autores não passem impunes". Fernando Gomes defendeu que "essas pessoas não são do futebol, não gostam do futebol e têm de ser expulsas do futebol" e apelou à intervenção do Governo