Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Bruno Lage foi ver o mar com o presidente, está tudo tranquilo, mas o Benfica tinha de ter feito "mais e melhor nos 90 minutos" em Portimão

Após o empate 2-2 com o Portimonense, o treinador do Benfica lamentou a lesão de Jardel, que prejudicou o jogo da equipa e mostrou-se tranquilo quanto ao seu futuro na Luz

CARLOS COSTA/Getty

Partilhar

O jogo

Fizemos uma 1.ª parte muito bom, com bom jogo posicional, a equipa bem posicionada, quer a atacar quer a defender, com pressão forte. Criámos oportunidades, espaços, a rodar o jogo, tudo com a dinâmica que eu pretendia, que por vezes não tivemos contra o Tondela. Na 2.ª parte a intenção era continuar com essa dinâmica, percebemos que nos últimos 5 minutos o Portimonense tinha alterado a sua forma de construir e queríamos manter a pressão, não baixar os nossos homens, manter a equipa subida. Perdendo o Jardel, passou a ser mais difícil. Os dois golos surgem de bola parada. Devíamos ter tido maior capacidade para continuar a pressão e com bola ir à procura do 3.º golo

Maus resultados e a tabela

“É olhar para o que temos vindo a fazer. Tínhamos de vencer em Portimão, infelizmente não conseguimos. Vai ser um campeonato em que muitas situações destas vão eventualmente surgir e hoje tínhamos de fazer mais e melhor nos 90 minutos”

Futuro no Benfica

“Já falei sobre isso. Falei com o presidente, fomos ver o mar, está tudo tranquilo, não há problema nenhum”