Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Marcelo vai aproveitar reunião com António Costa para analisar apoio dado a Luís Filipe Vieira

Presidente da República não quis comentar para já o apoio de António Costa à candidatura de Luís Filipe Vieira, mas admitiu que é matéria que vai querer abordar na audiência que terá esta semana com o primeiro-ministro

Miguel Prado

FILIPE FARINHA/LUSA

Partilhar

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai aproveitar a reunião semanal com o primeiro-ministro, António Costa, para analisar a decisão do chefe do Governo de integrar a comissão de honra da candidatura de Luís Filipe Vieira à presidência do Benfica.

Este domingo, após uma visita a um lar de idosos em Alcoutim, Marcelo Rebelo de Sousa foi questionado sobre se, sendo adepto do Sporting Clube de Braga, apoiaria uma candidatura do atual presidente bracarense, António Salvador. "Isso é uma maneira subtil de querer saber a minha opinião sobre a posição do primeiro-ministro relativamente às eleições do Benfica", começou por responder.

"O que eu sei é pela comunicação social. Só saberei mais na audiência daqui por uns dias. Não vou fazer comentários sobre essa matéria, porque qualquer comentário por mais abstracto e vago é sempre um comentário concreto", acrescentou.

"Tudo o que seja uma consideração abstracta era passar ao lado de uma situação concreta. O que se trata aqui é de uma situação concreta, com um titular de um órgão de soberania, um acto eleitoral num clube de futebol num determinado contexto", notou ainda o chefe de Estado.

Na sua resposta, Marcelo Rebelo de Sousa abordou o caso como envolvendo o primeiro-ministro e não como dizendo apenas respeito ao cidadão António Costa.

Recorde-se que no sábado, reagindo à notícia do Expresso que revelou o seu apoio a Vieira e às críticas que surgiram durante o dia, António Costa notou que se trata de uma matéria pessoal e não política.