Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Jorge Jesus: "Tudo o resto, para além do Rio Ave-Benfica, para nós não tem interesse"

O treinador do Benfica desvalorizou qualquer efeito que o clássico entre os rivais possa ter nesta jornada, dizendo, na antevisão o jogo contra o Rio Ave (domingo, 20h30, Sport TV1), que "faz parte do jogo" uma equipa poder beneficiar com os resultados de outras

Tribuna Expresso

Quality Sport Images

Partilhar

O jogo contra o Rio Ave

"Já o demonstrou noutros anos e agora no jogo com o AC Milan, vai ser um jogo difícil, mas estamos cientes de que vamos encontrar, ao longo do campeonato, jogos muito difíceis. Se calhar este está no patamar dos jogos difíceis.

O Rio Ave vale três pontos, vai ser sempre o padrão. Temos de pensar no que temos de fazer e nos objetivos. Sabemos que qualquer equipa pode ser ajudada por terceiros, em relação a outros resultados. Para nós é indiferente, o que não é indiferente é que queremos jogar, queremos jogar para ganhar em Vila do Conde e somar os três pontos. Temos essa responsabilidade, crença e confiança. Tudo o resto, para além do Rio Ave-Benfica, para nós não tem interesse, sabendo que, paralelamente, pode beneficiar um ou outro resultado, mas isso faz parte do jogo."

A influência do clássico

“Tudo o que se passar nesta jornada, para nós, é indiferente. A única coisa que não é indiferente, é que queremos jogar e somar os três pontos. Temos essa responsabilidade e essa crença. Tudo o resto, não tem interesse, sabendo que podemos beneficiar de um ou outro resultado, mas isso faz parte do que é o jogo."

O estado de Vertonghen

“Durante a semana deu indicações positivas, treinou com máscara. Já não é um caso virgem no futebol mundial. [A sua utilização] tem muito a ver com a disponibilidade do jogador, se tem receios, se está focado e disponível para corresponder à equipa técnica."

Facundo Ferreyra, que treina com a equipa

“Não faz parte dos planos neste momento. Mas como treinador, com o respeito que tenho de ter pelos atletas, que eu também já fui, e por ter essa sensibilidade, pedi para que treinasse connosco, mas não a pensar que podia ser um jogador que desse continuidade à minha ideia. Mas é jogador do Benfica, está inserido no trabalho e, saindo, vai chegar ao clube para onde for em melhores condições."

O interesse em Lucas Veríssimo

“O que vai acontecer daqui para a frente, vocês sabem tão bem como eu. Mas ele não faz parte do Benfica neste momento e tenho é de pensar no meu adversário, o Rio Ave, e nos jogadores que tenho disponíveis, e, quando chegar a altura de pensar no Lucas Veríssimo, vamos pensar. É um excelente jogador e sempre fiz força para que fizesse parte dos planos do Benfica. Quando, não sei. Mas que o conheço bem, é um facto."