Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Jorge Jesus: "Ainda estamos muito longe do que acho que o Benfica tem de jogar"

O treinador do Benfica, após a vitória (0-3) contra o Rio Ave, também elogiou Darwin Núñez, avançado que "ainda é um miúdo, sabe pouco do jogo, mas tem uma qualidade individual muito grande"

Tribuna Expresso

MIGUEL RIOPA/GETTY

Partilhar

A análise ao jogo e ao adversário

"Satisfação plena por termos feito três pontos e uma boa exibição, convincente, foram três golos mas fizemos cinco. Ainda houve um possível penálti no redline, mas para isso é que existe VAR. O Benfica foi uma equipa defensivamente muito forte, o Rio Ave praticamente não teve uma oportunidade de golo, não deixámos o Rio Ave jogar como gosta de jogar.

O Rio Ave é uma muito boa equipa, discute o jogo seja com quem for, tanto assim o é que teve aqui um jogo soberto contra o AC Milan. Sabíamos que tínhamos de respeitar o Rio Ave e os seus jogadores, que têm uma técnica muito boa. Fomos traduzindo a nossa qualidade defensiva em golos, com pressing constante. última linha esteve muito bem, sabíamos qual é a estratégia de jogo do Rio Ave, que tem uma forma de jogar que tens de entender, se não metem-na no meio e quando lá chegas já não está lá a bola.

Fomos eficazes. Parabéns aos jogadores do Benfica, ainda estamos muito longe do que acho que o Benfica tem de jogar. Temos de melhorar em algumas questões individuais. Mas é assim, passo a passo vamos melhorando."

Dinâmica ofensiva entre Darwin e Waldschmidt

"É uma coisa curiosa. O Darwin, em todos os jogos, tem assistido colegas e hoje, em duas bolas em que poderia fazer golo, o Lucas dá-lhe a bola, quis dar-lhe um golo, porque sabe os que o Darwin já lhes deu. É um jogador muito rápido, muito difícil de parar, é um miúdo, tem 21 anos, conhece pouco o jogo, mas tem uma qualidade individual muito grande. Tenho a certeza que vai ser um grande jogador.

A pouco e pouco estão-se a conhecer. Depois, um fala alemão, o outro não fala inglês, nem percebo muito português. Eles só comunicam pela linguagem que é o futebol."

A lesão de André Almeida

"Não sabemos, não há diagnóstico, mas os sintomas do André parece-me graves. Ainda não falei com o médico. O Gilberto entrou bem. O André é o capitão, é muito importante na nossa forma de defender, é taticamente muito evoluído. Comigo já jogou a médio, a central e a lateral. Onde eu o puser a jogar ele joga bem. É importante ter um jogador com estas características. Espero que não seja nada de grave, mas não acredito que não seja. Vamos ver nos exames."

"Não merece leitura nenhuma. Há um rival que tem um jogo a menos, por isso é à condição. Um dos rivais perdeu cinco pontos em dois jogos e nós também podemos perder. Claro que é melhor estar em 1º. do que em 2.º ou em 3.º, mas isto ainda não tem significado nenhum."

Luís Santos, roupeiro do Benfica falecido na quinta-feira

"Esta vitória, se puder consolar um bocadinho a família do Luís, o nosso roupeiro que trabalhava connosco há 30 anos... Isto é para a família dele. Um obrigado muito grande por tudo o que fez por nós. Temos de continuar a vida."