Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Benfica: eleições presidenciais antecipadas para 28 de outubro

Em função da medida governamental, que proíbe circulação de pessoas entre concelhos de 30 de outubro (dia no qual devia decorrer o processo eleitoral) até 3 de novembro, a Mesa da Assembleia Geral do clube decidi antecipar o ato, após reunião com as listas candidatas

Pedro Candeias

Carlos Rodrigues

Partilhar

As eleições presidenciais do Benfica foram antecipadas de 30 de outubro para 28 de outubro, na sequência da medida governamental que proibiu a circulação de pessoas entre concelhos de 30 de outubro a 3 de novembro. Esta foi a data encontrada pela Mesa da Assembleia Geral, depois de reunir com as listas dos candidatos à presidência do clube. Fonte oficial dos encarnados diz que “esta era a única hipótese possível” em função do calendário desportivo e também de um potencial aumento do número de casos positivos à covid-19. O Benfica, aliás, joga no dia 29 de outubro, quinta-feira, com o Standard Liège, na segunda jornada da fase de grupos da Liga Europa.

Quem quiser participar no ato eleitoral tem à disponibilidade, além do Pavilhão n.º2 do Complexo Desportivo do Estádio da Luz, as mesas de voto em Casas do Benfica situadas em 25 localidades, a saber: Albufeira, Algueirão-Mem Martins, Beja, Braga, Bragança, Castelo Branco, Évora, Faro, Grândola, Guarda, Leiria, Montijo, Oliveira de Azeméis, Paredes, Portalegre, Porto, Santarém, Seixal, Viana do Castelo, Vila Nova de Famalicão, Vila Nova de Gaia, Viseu e Vila Real. Se as eleições não tivessem sido antecipadas, muitos dos sócios interessados em votar teriam de cruzar concelhos no dia 30, desrespeitando a medida governamental.

Os candidatos à liderança do Benfica são Luís Filipe Vieira (atual presidente), João Noronha Lopes, Rui Gomes da Silva e agora por Luís Miguel David, que substitui Bruno Costa de Carvalho na lista dele - Costa Carvalho não reunia o número de anos como associado suficientes para poder concorrer à presidência.

Leia o comunicado da Mesa da Assembleia Geral do Benfica:

Conforme é do conhecimento público não será possível a realização do ato eleitoral para os órgãos sociais do Sport Lisboa e Benfica, na data inicialmente prevista, dia 30 de outubro, decorrente das rigorosas restrições anunciadas pelo Conselho de Ministros, de proibição de livre circulação de cidadãos entre Concelhos, entre os dias 30 de outubro e 3 de novembro.

De acordo com o previsto agravamento da situação pandémica para os próximos tempos, conforme assumido publicamente pelos responsáveis e especialistas da área da saúde com a inerente implementação das mais variadas medidas de segurança e restrição.

Respeitando o rigoroso cumprimento dos Estatutos do Clube, que estabelece e define, nos termos do artigo 55, número 2, alínea a) de que os atos eleitorais para os órgãos sociais do Clube (Mesa da assembleia Geral, Direção e Conselho Fiscal) devem realizar-se entre 24 e 31 de outubro, de quatro em quatro anos.

A Mesa de Assembleia Geral do Sport Lisboa e Benfica reunida hoje com representantes das quatro listas candidatas às Eleições dos Órgãos Sociais do Sport Lisboa e Benfica, comunicou-lhes a decisão de antecipar e convocar o ato eleitoral para o próximo dia 28 de outubro de 2020, quarta-feira, nos termos e condições previstos na convocatória anteriormente publicada, designadamente quanto a horários e locais de voto.

Lisboa, 23 de outubro de 2020

A Mesa da Assembleia Geral do Sport Lisboa e Benfica”