Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

PSP detém membro dos No Name Boys responsável por ataque ao autocarro do Benfica

Um homem de 27 anos foi detido pela PSP, alegadamente por ter estado envolvido no arremesso de pedras ao autocarro do Benfica, a 4 de junho de 2020

Tribuna Expresso

Partilhar

O Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP) anunciou esta sexta-feira a detenção de um homem de 27 anos "por suspeita de atentado à segurança de transporte rodoviário e de tentativa de homicídio", isto é, por alegadamente ser um dos responsáveis pelo ataque ao autocarro do Benfica, a 4 de junho de 2020.

A PSP apurou que o arremesso de pedras ao autocarro do clube da Luz, após o jogo frente ao Tondela, terá alegadamente sido responsabilidade de "um grupo de indivíduos pertencente aos No Name Boys", uma das claques benfiquistas. Segundo a PSP, o grupo "orquestrou o ataque ao autocarro, através de arremessos de pedras, bem como a prática de danos e ameaças, através de inscrições nas paredes e portas de residências de alguns jogadores e treinador".

Antes da detenção anunciada esta sexta-feira, "a maioria dos indivíduos envolvidos já se encontrava em prisão domiciliária no âmbito do mesmo processo", acrescenta a PSP, em comunicado.

O suspeito de 27 anos foi presente na quinta-feira a interrogatório judicial, onde foi decretada a aplicação da medida de coação mais gravosa, ou seja, prisão preventiva.