Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Venda de Lucas Veríssimo ao Benfica adiada pela direção do Santos

O defesa é o principal ativo do clube e os dirigentes estão divididos sobre a venda do jogador e os valores envolvidos

Tribuna Expresso

MB Media

Partilhar

A direção do Santos reuniu-se na noite de terça-feira e um dos principais temas foi, segundo o site “Globo Esporte”, a possível transferência de Lucas Veríssimo para o Benfica. O conselho fiscal do clube emitiu um parecer contra a negociação.

O tema não seria sequer discutido, mas o presidente Orlando Rollo pediu que a decisão fosse reconsiderada. O pedido foi acatado desde que a direção apresente mais dois detalhes da oferta nos próximos dias para que o caso seja novamente analisado.

O Benfica terá feito uma oferta de empréstimo por um ano, com cláusula de compra obrigatória de 6,5 milhões de euros, pagos em cinco prestações, entre 2022 e 2026. O presidente do clube tem, agora, de convencer os restantes órgãos a aceitar a proposta vinda da Luz.

O histórico clube brasileiro está em crise financeira e não esconde que vê Lucas Veríssimo como o seu principal ativo, útil para tentar atenuar várias dívidas, nomeadamente no que diz respeito ao fair play financeiro da FIFA. Lembre-se que o Santos não pode registar novos jogadores devido a uma dívida ao Atlético Nacional, da Colômbia.

O Benfica tentou contratar o defesa central na última janela de transferências mas acabou por ter de aguardar por nova oportunidade. Também o FC Porto tentou ir buscar o jogador mas as partes não chegaram a acordo.