Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Benfica

Jesus: "Respondi a um jornalista, não sei se é branco, se é preto, se é uma senhora ou se é um cavalheiro. Não sei o que é isso, machismo"

Na conferência de imprensa de antevisão do Benfica-Lech Poznan (quinta-feira, 20h, SIC), que pode ditar o apuramento para a próxima fase da Liga Europa, Jesus rebateu as críticas sobre a forma como se endereçou a uma jornalista - "essa carapuça a mim não me entra" - e explicou por que razão não joga com três centrais, para já

Tribuna Expresso

PATRICIA DE MELO MOREIRA

Partilhar

O Benfica nunca perdeu jogo em casa para a Liga Europa

"Não sabia desse dado, mas é um dado que representa o valor da equipa na Liga Europa. É um dado para acrescentar, porque amanhã vencendo o jogo ficamos apurados. É esse o nosso objetivo, já transmiti a minha ideia em relação à Liga Europa. Está a fazer um bom apuramento porque o objetivo é ser apurado."

Regressos de Darwin (e Weigl)

"Não é só o Darwin. O Nuno Tavares também já está apto. São jogadores que vão dar mais soluções, não só para o jogo de amanhã. Para dar rotatividade é preciso ter mais jogadores. Não sei ainda concretamente quais os jogadores a serem lançados porque ainda não trabalhei com eles depois do jogo com o Marítimo, ontem foi só trabalho funcional e recuperação, não fizeram o que consideram trabalho ativo, só hoje é que vão fazer. Depois é que vou tomar opções."

Rotatividade para amanhã

"Sim, admito, mas não muito. Está na minha cabeça mas só depois do treino é que sei se posso fazer algumas modificações. Sei que algumas tenho de fazer, mas não sei é quantas. O Darwin vai ser convocado."

Elogios dos adeptos do Benfica, que dizem que está de volta o "velho" Jesus

"Velho não, sou um menino, pelo menos tento cuidar-me. A emotividade e a ansiedade dos jogos não é a mesma sem público, nem para jogadores nem para treinadores. Claro que continuo a ser um treinador participativo, não consigo estar no jogo sem participar nele. Mas tenho tido mais cuidado, é um facto, porque sei que qualquer palavra que eu diga, não havendo público, pode trazer polémica. Tento conter-me mais. Com os adeptos ninguém ouve o que eu digo."

Críticas a Jesus pela forma como respondeu à jornalista Rita Latas na flash interview da SportTV

"Ainda bem que me faz essa pergunta, porque acho que são injustas. Eu respondi a um jornalista, não sei se é branco, se é preto, se é uma senhora ou é um cavalheiro. Respondi a um jornalista, dizendo que não estava de acordo com a pregunta que me fez. Não foi, como querem fazer crer, machismo. Não sei o que é isso, machismo. Tive o cuidado de estar no Brasil e trabalhei com tantas jornalistas, com muito carinho. Estive vários dias com a Irene Palma do jornal "A Bola" no Brasil a fazer um trabalho sobre o Flamengo. Essa carapuça a mim não me entra. Mas também sei que hoje as sociedades são muito mascaradas. Essa notícia é uma notícia mascarada."

O Lech Poznan

"Depois do jogo lá elogiei a forma atrevida como eles atacavam, se calhar também foi por isso que marcámos quatro golos, não dá para tudo. Jogámos um pouco com esse posicionamento atrevido deles no ataque. Amanhã não sei se é igual, se calhar eles têm uma estratégia diferente, não faço ideia."

O Benfica pode jogar com três defesas?

"De momento, ainda não, porque nós ainda não nos organizamos num processo forte numa linha de quatro, para poder já passar para uma linha de três. Toda a gente sabe que no princípio da minha carreira, nos meus primeiros 10 anos de treinador, eu jogava assim. Já passaram 30 anos e eu já andava à frente há muitos anos. É um sistema que é difícil de trabalhar, ao contrário do que pensam. Uma coisa é começar com um sistema com três, uma coisa é durante o jogo, cinco ou 10 minutos, fazer essa alteração. Acho que ainda não tenho a equipa preparada para isso."