Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Jorge Jesus: "Tenho o maior respeito ao Arsenal, mas não me tira o sono"

À margem da antevisão ao encontro da Taça da Liga com o V. Guimarães, na quarta-feira, Jorge Jesus falou do sorteio para os 16 avos de final da Liga Europa e lembra que para chegar à final da competição o Benfica tem de ultrapassar as equipas mais fortes

Tribuna Expresso

JOSE COELHO

Partilhar

Taça da Liga e gestão do plantel

“Este jogo enquadra-se dentro dos objetivos e responsabilidade do Benfica. O Benfica entra para ganhar em todas as competições e tem que saber gerir os seus atletas. O V. Guimarães como é normal também tem os seus objetivos de poder chegar à final. Todas as taças dão a possibilidade a todas as equipas de sonhar em chegar a uma final. É completamente diferente de um campeonato corrido de 34 ou 38 jornadas. Vamos tentar perceber como é que os atletas estão em função do jogo com o Vilafranquense e vamos mexer nos jogadores que derem mais sinais de perigo de lesão. Dentro daquelas três, quatro alterações que costumamos fazer, vamos fazê-las”

V. Guimarães

“O V. Guimarães vem de uma derrota na Taça de Portugal, onde há sempre surpresas, toca a todos. Isso não quer dizer que a equipa esteja a passar um mau momento. É uma equipa que luta pelos cinco primeiros lugares no campeonato e está nesses lugares. É um sinal da sua qualidade e vamos ter um jogo difícil, não tenho dúvidas. Mas eu acho que o Benfica jogo a jogo, semana a semana está a ficar cada vez mais forte, os processos estão a ser assimilados com cada vez mais facilidade. Não é fácil passar a nossa ideia de jogo em pouco tempo. Acho vamos fazer um jogo forte a nível de ataque posicional, com várias oportunidades de golo, vamos pôr a equipa do V. Guimarães a defender e a tentar surpreender-nos numa bola parada ou num contra-golpe, temos de estar preparados. O V. Guimarães tem alguns jogadores com grande qualidade individual”

Importância da Taça da Liga

“Eu penso que esta competição tem evoluído. Tem uma final ao nível da organização da Taça de Portugal ou nível de uma Liga Europa, onde já estive duas vezes. É uma competição com cada vez mais prestígio no calendário português. Acho que devíamos dar um passo à frente: o que se pode acrescentar a quem ganha a Taça da Liga. Acho que devia ser algo mais do que apenas o título. Ou financeiramente ou ser diretamente logo para uma Liga Europa. Acho que era importante valorizar mais a competição”

Liga Europa

“Eu sentia que ia calhar uma equipa forte ao Benfica, porque normalmente quando eu estou inserido ou na Champions ou na Liga Europa calha-me sempre normalmente equipas fortes. Tenho o maior respeito ao Arsenal, mas não me tira o sono, não me tira confiança. Acredito que temos capacidade para passar esta eliminatória sabendo que vamos encontrar um adversário que é forte. Mas se queres chegar a uma final da Liga Europa, não te podes preocupar com isso, porque se não tens poder para passar o Arsenal também não tens poder para chegar a uma final”