Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Benfica

Covid-19: Benfica tem novos 17 casos positivos e pede à DGS que se pronuncie sobre a Taça da Liga

Em comunicado, os encarnados revelam que os infectados estão entre staff, equipa técnica e jogadores

Tribuna Expresso

Gualter Fatia/Getty

Partilhar

O Benfica procedeu a uma nova bateria de testes à covid-19 que resultou em 17 novos casos positivos, entre "elementos do staff, equipa técnica e jogadores". A informação foi comunicada pelos encarnados no site do clube que pede à DGS que se pronuncie sobre o facto de a equipa ir a jogo com o Sporting de Braga, na quarta-feira, em jogo a contar para a final four da Taça da Liga.

Recorde-se que o Sporting - Gil Vicente foi adiado em setembro, por decisão da ARS Norte, quando os gilistas registaram 15 casos positivos.

No total, o Benfica já registara os seguintes casos positivos entre jogadores: David Tavares, Svilar, Weigl, Darwin, Taarabt, Daniel dos Anjos (com sequelas cardíacas), Pizzi, Jardel, Gonçalo, Ramos, João Ferreira, Seferovic, Tiago Pinto, Gabriel e Cervi; Luca Waldschmidt é o mais recente e Everton e Gilberto entraram em isolamento por precaução. Entre o staff e equipa técnica, Tiago Pinto (diretor-geral que entretanto saiu para a AS Roma), Mário Monteiro (preparador físico), Márcio Sampaio (recuperador físico) e Ricardo Antunes (médico) já estiveram ou estão entre os infectados; Luisão está com sintomas, João de Deus, Pietra e Fernando Ferreira testaram positivo.

Leia o curto comunicado:

"O Sport Lisboa e Benfica comunica que, no decurso dos testes realizados desde sábado no Seixal, foram detetados 17 novos casos de COVID-19 entre staff, equipa técnica e jogadores. Perante estes dados, na defesa da saúde pública e da integridade física dos atletas envolvidos, o Benfica remete para a DGS a decisão de se apresentar em competição nos próximos 14 dias."

Quantos jogos em 14 dias?

O Benfica aponta aos 14 dias, o tempo tido como 'normal' para a recuperação da covid-19, e nessas duas semanas o clube encarnado tem os seguintes encontros: quarta-feira, dia 20, diante do Sp. Braga na meia-final da Taça da Liga; sábado, dia 23, a final da Taça da Liga se ultrapassar os minhotos; segunda-feira, dia 25, frente ao Nacional para a Liga e na quinta-feira, dia 28, frente ao BSAD, nos quartos de final da Taça de Portugal e, finalmente, no dia 31, um domingo, o dérbi com o Sporting, para a Liga.

Qual o número mínimo de jogadores?

A decisão para o cancelamento ou não dos jogos é da responsabilidade da Direção Geral de Saúde. Não especificando quantos dos 17 novos casos são jogadores, importa recuperar o que diz o ponto 1 da Lei 3 das Leis de Jogo. "nenhum jogo pode começar ou continuar se uma das equipas tiver menos de sete jogadores." No Protocolo de Retoma da Liga, aliás, o mesmo é referido: "em caso de jogadores com Covid-19 serão sempre aplicadas as leis de jogo, nomeadamente, a Lei 3 das Leis de jogo (n.º mínimo de 7 jogadores, 1 guarda redes e 1 capitão)".