Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

O onze do Benfica, que continua acreditar no "trabalho de anos" contra "oportunismos, aventureirismos e ambições sem sentido"

Aqui estão os onze homens escolhidos por Jorge Jesus para o jogo com o Famalicão, um encontro em que o Benfica entra num contexto de maus resultados. Em comunicado, a direção manifestou o seu apoio aos futebolistas e ao treinador

ANTÓNIO COTRIM

Partilhar

O Benfica vai a jogo (19h, Estádio da Luz) contra o Famalicão, num jogo que marca o regresso de Jorge Jesus ao banco de suplentes, depois de ter recuperado da covid-19. Antes da divulgação dos titulares, porém, a direção encarnada emitiu um comunicado em apoio aos futebolistas e ao treinador, uma medida tornada pública após uma reunião. Os dirigentes encarnados falam, também, "oportunismos, aventureirismos e ambições sem sentido".

ONZE DO BENFICA: Vlachodimos; Gilberto, Otamendi, Vertonghen e Grimaldo; Everton, Weigl, Taarabt e Cervi; Seferovic e Darwin

Suplentes: Helton Leite, Gabriel, Diogo Gonçalves, Chiquinho, Pizzi, Pedrinho, Nuno Tavares, Gonçalo Ramos e Morato

O comunicado do Benfica
"A Direção do Sport Lisboa e Benfica esteve reunida, esta tarde. Foi analisado o momento desportivo do Clube, em todas as suas componentes, tanto no que respeita ao futebol profissional como ao conjunto das modalidades. No que concerne ao primeiro, procedeu-se ao exame das circunstâncias que condicionam a atividade, discutiu-se em profundidade os resultados que têm sido obtidos e identificaram-se os fatores que os influenciaram.

Em clima de unidade, todos os vice-presidentes se pronunciaram sobre a situação, ficando clara a determinação de, em conjunto com o Presidente, manifestarem, interna e externamente, apoio aos atletas e ao treinador, conscientes de que estão empenhados na luta pela conquista das competições em que o Benfica participa.

Foi decidido dar continuidade à reunião, para acompanhamento das questões em análise, para monitorizar os impactos da crise provocada pela pandemia não só na atividade desportiva, mas também nas finanças do Clube e ainda para refletir sobre estratégias de curto, médio e longo prazo.

Foi com firmeza que, de forma empenhada, militante e solidária, todos os intervenientes na sessão deixaram expressa a sua disposição para enfrentar as contrariedades do momento, assim como todos os que se queiram aproveitar da situação para tentar enfraquecer o Clube.

Esta Direção jamais permitirá que o trabalho de anos seja minado por oportunismos, aventureirismos e ambições sem sentido."