Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Jorge Jesus: "Sofremos um golo sem sorte nenhuma, mas por aquilo que aconteceu no jogo o resultado ajusta-se"

Jorge Jesus sublinhou em declarações à Sport TV a organização defensiva do Benfica no jogo contra o Arsenal, elogiando também a estreia de Lucas Veríssimo com a camisola dos encarnados. A eliminatória, diz o técnico do Benfica, ainda está em aberto, apesar do golo sofrido em casa

Tribuna Expresso

ETTORE FERRARI/EPA

Partilhar

Tudo em aberto

“As nossas ambições mantém-se: está tudo em aberto. O golo fora pode ter influência, mas é mais um jogo fora, na Grécia, em que vamos à procura de ganhar e fazer golo, jogando contra uma equipa que tem muita qualidade e grandes jogadores. Quem não percebe isto não percebe o que é o futebol”

Sistema de três centrais

“Foi um fator importante para a nossa organização defensiva. Controlámos muito bem os movimentos, daquilo que sabíamos que a equipa do Arsenal tem. Eu à partida até pensei que o Arsenal ia jogar com o Lacazatte e o Aubameyang. É diferente a forma posicional ofensiva. Mas a equipa esteve muito bem, o Lucas Veríssimo esteve muito bem, é verdade que nos últimos minutos teve dificuldades mas mostrou que é um jogador difícil por cima, difícil de o passarem no um contra um, é rápido, é o mais rápido dos centrais que temos e esse é um problema que temos, os nossos centrais não são muito rápidos. Mas a equipa quando teve de defender a três, soube fazê-lo, com cinco também. Soube afundar na largura e na vertical com aqueles mesmos jogadores. Em termos defensivos estivemos bem organizados. Não ganhámos, empatámos, sofremos um golo sem sorte nenhuma, mas naquilo que aconteceu no jogo o resultado ajusta-se”

No ataque

“Ofensivamente não fomos tão fortes colectivamente. O Arsenal tem dois centrais muito fortes. Não conseguimos criar tantas oportunidades como julgávamos que era possível, mas estávamos a jogar contra uma linha de quatro de muito valor. Depois de entrar o Everton e o Rafa a equipa esteve mais perto do golo e criou algumas oportunidades”