Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Benfica

Jorge Jesus: "O Sporting empatar um jogo a mim não me diz nada, não é um sinal. Agora a soma de muitos jogos pode dizer alguma coisa"

Na antevisão ao jogo com o Paços de Ferreira, Jorge Jesus desvalorizou o empate do Sporting com o Moreirense na última jornada e reforçou que o objetivo mais imediato da sua equipa é recuperar o 2.º lugar do campeonato

Tribuna Expresso

TANIA PAULO

Partilhar

Paços de Ferreira

“Só perdeu com o Sporting no seu estádio, é um alerta para sabermos que vamos ter um jogo difícil. Mas o Benfica neste momento tem de jogar sempre para vencer para recuperar o 2.º lugar. Vamos ter momentos difíceis de jogo porque o adversário vai dificultar. Estamos muito confiantes e motivados e por isso vamos enfrentar este adversário com muito respeito mas pensando que temos todas as possibilidades de trazer os três pontos”

Arbitragens

“Os principais protagonistas são sempre os jogadores, como é óbvio. Ao longo deste campeonato nunca nos manifestámos quando fomos prejudicados. Acreditamos nas nossas capacidades e temos valor para vencer o Paços e que a terceira equipa também tenha valor. O meu foco durante a semana não foi esse, foi trazer para o jogo as nossas ideias, pensando no adversário e não na equipa de arbitragem”

Consistência defensiva

“Mais tempo para trabalhar a equipa em termos de ideias coletivas. A equipa melhorou muito coletivamente e isso tem feito com que a equipa na 2.ª volta tenha sido uma das que mais pontos fez. Fruto de uma organização defensiva forte e também da entrada de alguns elementos, o Lucas Veríssimo, o Diogo Gonçalves e o Helton. Melhorou, porque os factos são reais. É tentarmos continuar a melhorar. Queremos ser a equipa com menos golos sofridos no campeonato”

Se o campeonato começasse agora

“Já tive a oportunidade de dizer que as equipas têm períodos bons e outros não tão bons. Todos sabemos porque é que tivemos períodos menos bons. Não posso responder concretamente à pergunta. O mundo foi embrulhado numa situação que vocês sabem qual é. Nós não fugimos a esse problema, que nos afetou muito em janeiro. E que agora nos libertou. A coisas foram começando a melhorar, tivemos mais horas para trabalhar, mais ligação entre o grupo. Os resultados respondem pela positiva. Não vamos fugir à realidade, perdemos muitos pontos”

Sporting a perder gás?

“Neste momento andamos à procura dos rivais que estão à nossa frente, para podermos recuperar. A nossa grande motivação é tentar recuperar o 2.º lugar, mas também é verdade que começa a haver menos pontos para recuperar. Em relação ao Sporting já é outro cenário, estamos dependente deles. Nós temos de ganhar os jogos todos e os outros têm de perder, isso já parte do nossos rivais. O Sporting empatou um jogo e isso para mim não me diz nada, não é um sinal. Agora a soma de muitos jogos pode dizer alguma coisa. Mas um jogo não me diz nada”

Valorização do plantel

“Normalmente quando estás num grande clube tem mais possibilidades de adquirir jogadores por outras somas. O Guardiola também compra mais jogadores porque está numa equipa que tem capacidade para isso. Ao longo destes anos em todos os clubes os jogadores e as equipas foram compensadas financeiramente com as vendas. O Benfica tem jogadores que neste momento individualmente se estão a projetar a um nível melhor, o Luca Waldschmidt é um deles. Mas faltam nove jogos e vamos ver até ao fim se o Benfica vai crescer”

Liga a 16 equipas

“As equipas que lutam pelas competições europeias ficam com mais dias para recuperar, mas também é preciso olhar para as equipas que não vão às competições europeias. Se houver menos jogos, há menos competição para essas equipas. Para as equipas grandes é o ideal. Cada um puxa aqui a brasa à sua sardinha. Percebo as duas partes, em função dos seus interesses”