Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Benfica

Benfica nega interesse na Superliga Europeia e assume "total oposição ao projeto"

Após o anúncio, no domingo, do plano para criar a Superliga Europeia, o clube da Luz é o último dos grandes em Portugal a rejeitar oficialmente a competição: "o Sport Lisboa e Benfica sempre esteve, e estará, solidário com a UEFA e com os valores do futebol europeu: meritocracia, solidariedade e inclusão"

Tribuna Expresso

Quality Sport Images

Partilhar

O anúncio dos 12 clubes fundadores surgiu no domingo à noite, todo o tipo de tumultuosas reações seguiram-se, em força, logo na segunda-feira de manhã, entre as quais as condenações dos presidentes do FC Porto (que chegou a ser convidado) e do Sporting à anunciada Superliga Europeia; a agência Lusa citou a recusa de uma fonte oficial do Benfica.

Mas, esta terça-feira, o jornal "Record" fez manchete com um alegado interesse do clube da Luz em "tentar" integrar esta nova competição, e o Benfica reagiu. O clube classificou como "inteiramente falsas" e reiterou "uma vez mais a total oposição ao projeto", lembrando que, em novembro de 2020 e pela voz de Domingos Soares de Oliveira, CEO do Benfica, "foi o primeiro clube português a expressar publicamente a sua objeção a uma Superliga Europeia".

O Benfica acrescentou que "sempre se manifestou contrário a qualquer competição fora do âmbito da UEFA", sublinhando ainda que "sempre esteve, e estará, solidário com a UEFA e com os valores do futebol europeu: meritocracia, solidariedade e inclusão".