Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Benfica reage a ação judicial: "É tempo, de uma vez por todas, para quem perdeu as eleições aceitar os resultados"

Comunicado oficial dos encarnados "atira-se" à candidatura de João Noronha Lopes, frisando que a ação judicial que visa afastar Luís Filipe Vieira da presidência do Benfica é da autoria "apoiante e cunhado do candidato derrotado às últimas eleições"

Tribuna Expresso

NUNO FOX

Partilhar

A direção do Benfica diz-se "profundamente indignada" com aquilo que diz ser "mais um atentado à dignidade da instituição", depois de se tornar pública a entrada de um processo no Tribunal da Comarca de Lisboa que visa afastar Luís Filipe Vieira da presidência do clube.

O processo é da autoria do advogado Jorge Mattamouros, que aponta para violação dos estatutos do Sport Lisboa e Benfica, utilização do clube para benefício pessoal do seu presidente e irregularidades nas eleições de outubro de 2020.

Em comunicado, a direção encarnada diz que as acusações não têm fundamento e que o autor da ação "sofrerá todas as consequências patrimoniais e associativas por agredir o Benfica com a única finalidade de se promover". No texto, publicado no site dos encarnados, é referido que Jorge Mattamouros é "apoiante e cunhado" de João Noronha Lopes, candidato derrotado nas últimas eleições do clube.

"É tempo, de uma vez por todas, para quem perdeu as eleições aceitar os resultados ditados pelos sócios e respeitar o mandato em curso", lê-se ainda no comunicado.

Leia aqui o comunicado na íntegra:

"Perante este anúncio, de uma Ação com vista à destituição de todos os Órgãos Sociais, Presidente incluído, cumpre ao Sport Lisboa e Benfica adotar as seguintes posições:

1 – A Direção do Sport Lisboa e Benfica está profundamente indignada com mais um atentado à dignidade da instituição;

2 – Para agredir o SLB, por via judicial, basta ter papel, lápis, advogado e pagar as custas;

3 – Como se vê, toda a calúnia pode chegar a Tribunal, mesmo que desprovida de qualquer fundamento;

4 – O autor desta Ação sofrerá todas as consequências patrimoniais e associativas por agredir o Benfica com a única finalidade de se promover.

5 – É tempo, de uma vez por todas, para quem perdeu as eleições aceitar os resultados ditados pelos sócios e respeitar o mandato em curso.

6 – Cumpre ainda esclarecer todos os sócios do Benfica que o autor desta Ação é apoiante e cunhado do candidato derrotado às últimas eleições, João Noronha Lopes"