Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Benfica

O aviso de Jesus: "Não sinto que haja uma diferença grande do Dínamo para o Barça ou o Bayern. Tem o treinador com mais títulos do mundo"

Na conferência de imprensa de antevisão do jogo de terça-feira, dia 14 (20h00, Eleven Sports 1) em Kiev, o qual marca a estreia do Benfica na fase de grupos desta edição da Liga dos Campeões, o técnico dos encarnados teceu rasgados elogios à equipa adversária e, sobretudo, a Mircea Lucescu, o romeno que orienta os ucranianos

Tribuna Expresso

Gualter Fatia/Getty

Partilhar

Expectativas para a estreia nesta edição da fase de grupos da Liga dos Campeões
"É uma satisfação muito grande disputar esta fase de grupos. Era aqui, com os melhores, que queríamos estar. Vamos jogar contra uma equipa forte, tal como são as quatro equipas do grupo. Olho para o Dínamo Kiev como olho para o Barcelona ou para o Bayern. O Dinamo tem cinco jogadores que são titulares da seleção da Ucrânia, que ainda há poucos dias empatou com a seleção mais forte do mundo, a França. Mas isso é só um sinal de valorização do adversário, mais nada, porque o Benfica tem condições para disputar as vitórias com todos os adversários do grupo. Nós preparámo-nos para disputar esta fase de grupo sem receio de nada, mas sabendo que os rivais têm os mesmos objetivos que nós e são fortes."

Se está contente com a gestão da equipa que tem sido feita
"Nós nunca conseguimos fazer a gestão perfeita, nem nunca conseguimos colocar as nossas equipas no limite máximo, mas o Benfica tem gerido bem todas estas situações. Esta situação das seleções confundiu um pouco, mas saímos bem no primeiro jogo depois da paragem para o campeonato. Achamos que temos estado a gerir a equipa bem, do ponto de vista físico e psicológico, com a ajuda de toda a estrutura do futebol e o apoio do departamento médico, que é muito importante. E vamos para Kiev muito confiantes."

Lance de Vlachodimos contra o Santa Clara
"Depois de já ter visto várias vezes o lance, tenho a mesma opinião. Eu entendo que o jogador chegou primeiro à disputa da bola e tocou primeiro na bola, não tocando no adversário, e depois há um contacto fora da área. A lei do jogo diz que é falta, é pé em riste e cartão amarelo. Foi o que árbitro fez e, na minha opinião, muito bem. Já que estamos a puxar a cassete atrás, o que esteve errado foi a expulsão do Helton Leite na final da Taça. Essa é que foi errada, porque tinha de ter o mesmo caminho que esta."

Sobre o Benfica ter apresentado duas versões diferentes nos Açores
"Houve um Benfica na primeira parte e um Benfica na segunda parte. Amanhã em Kiev, queremos o Benfica da segunda parte. No jogo contra o Santa Clara, não tivemos um Benfica forte ofensivamente na primeira parte, mas tivemos um Benfica muito forte defensivamente, o que fez com o Benfica não sofresse nenhum golo, mesmo não jogando tão bem na primeira parte."

Perder pontos complicaria já contas do Benfica na prova, tendo em conta os outros dois adversários (Barcelona e Bayern)?
"Não é verdade que o Dínamo seja a equipa mais fraca do grupo. Tem o treinador mais titulado do mundo. O Lucescu é o treinador com mais títulos do mundo no ativo, é um treinador por quem tenho um respeito e admiração muito grande. Tem uma equipa que tem cinco jogadores sempre titulares na seleção da Ucrânia. Metade da seleção joga no Dínamo Kiev. Isto são sinais evidentes de que vamos jogar contra uma grande equipa. Eu não olho para o Dinamo Kiev de maneira diferente da que olho para o Barcelona ou o Bayern. Para mim o Dinamo Kiev é tão forte como o Barcelona ou o Bayern Munique. Se me perguntarem, quando jogar contra o Barcelona, se penso ganhar? Penso. Se me perguntarem, quando jogar contra o Bayern, se penso ganhar? Penso. É a mesma coisa com o Dinamo Kiev? Claro que é a mesma coisa, mas não olho para o Dinamo de maneira diferente da que olho para os outros. Zero."

Acha que rigidez táctica do Dinamo Kiev pode ser aproveitada pelo Benfica?
"A grande maioria dos treinadores têm a mesma ideia do senhor Lucescu: acreditam num sistema e trabalham-no a 100 por cento. Ele é o treinador com mais títulos do mundo, portanto tem razão na ideia de jogo dele. Nós conhecemos essa ideia e isso garante-me que dificilmente ele pode mudar de sistema de jogo, nada mais que isso. Vamos jogar contra uma boa equipa, como são o Benfica, o Barcelona e o Bayern. Eu não sinto que o Dinamo Kiev tenha uma diferença grande para Barcelona ou Bayern Munique, começando logo pelo treinador."

Profundidade do plantel do Benfica
"Neste momento, tenho um Benfica com mais soluções do que o ano passado. Tenho sempre a garantia de mudar dois, três ou quatro jogadores sabendo que a equipa não perde rendimento. Tirando os jogadores que chegaram este ano, que ainda não conhecem muito bem as ideias e estratégia da equipa para estes jogos, todos os outros estão muito mais fortes e a equipa está muito mais forte. Eu estou tranquilo e faço sempre isso com uma convicção muito grande de que o rendimento da equipa não vai oscilar dependendo do facto de jogarem uns hoje e amanhã outros."

Quais os pontos fortes do Dinamo?
"É uma equipa forte na bola parada ofensiva, é forte no ataque posicional. É uma equipa com um posicionamento táctico e ideia de jogo de que eu gosto, porque também penso como o treinador do Dínamo. E, portanto, temos de tentar parar os dois ou três jogadores que eu acho que são mais importantes na organização de jogo do Dínamo, trabalhar em cima disso e ver se temos capacidade para anular o ataque posicional desta equipa, que é o momento mais forte deles"

  • Lobanovskyi está no meio de nós
    Euro 2020

    Foi o grande revolucionário do futebol soviético que recorreu à ciência e à matemática para desenvolver um método de treino inovador. Um mestre ucraniano para futebolistas como Shevchenko, que fala em Valeriy Lobanovskyi como o "deus do futebol da Ucrânia". Este sábado há Inglaterra-Ucrânia (RTP1, 20h)

  • Quantas estações pode ter um jogo?
    Benfica

    Começou bem chuvoso o jogo nos Açores, não só no estádio mas também para o Benfica, para quem o sol futebolístico só apareceu na 2.ª parte, onde numa demonstração de eficácia que ao Santa Clara soube a desastre natural, elevou o resultado para 5-0. A equipa de Jorge Jesus garante assim que fica em primeiro lugar, aconteça o que acontecer no Clássico