Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Benfica

"No Benfica fiz-me homem. Jamais poderia deixar de responder a esta chamada". Rui Costa é oficialmente candidato às eleições do Benfica

Atual líder dos encarnados, Rui Costa não surpreendeu ninguém esta terça-feira ao anunciar a candidatura às eleições do Benfica, marcadas para 9 de outubro. É o segundo candidato ao ato eleitoral, depois do anúncio de Francisco Benitez, do movimento "Servir o Benfica"

Tribuna Expresso

MIGUEL A. LOPES/LUSA

Partilhar

“Sou candidato à presidência do Sport Lisboa e Benfica, nas eleições marcadas para 9 de outubro”

A frase com que Rui Costa iniciou o discurso de apresentação da sua candidatura às eleições dos encarnados não poderia ser mais direta. Nem mais esperada. Seria uma surpresa enorme se o atual presidente dos encarnados não se apresentasse a eleições, dois meses depois de assumir a cadeira deixada vazia por Luís Filipe Vieira, envolvido na Operação Cartão Vermelho.

Numa declaração que teve lugar numa unidade hoteleira em Lisboa - e sem direito a perguntas por parte dos jornalistas -, Rui Costa sublinhou em vários momentos a palavra “união” e seus sucedâneos, prometendo um Benfica para “todos”.

“São muitas as razões que me levam a tomar este passo. Não será surpresa para ninguém se eu disser que respiro Benfica desde que nasci. Faz amanhã 30 anos desde o meu primeiro jogo oficial com a camisola do Benfica, um dia que nunca esquecerei, como devem calcular”, frisou o antigo número 10 encarnado. “Foi no Benfica que me fiz homem, foi o Benfica que me projetou para o mundo, foi no Benfica que vivi algumas das maiores alegrias da minha vida”, disse ainda.

Assumindo que este é “um dos momentos mais desafiantes da história do clube”, Rui Costa afirmou ainda que “jamais poderia deixar de responder a esta chamada” e que é tempo de “responsabilidade, união e sentido de futuro” para o Benfica.

Equipa só nos próximos dias

Prometidos para os próximos dias ficam novidades sobre o programa de ação e também a equipa do candidato, que para já promete apenas “trabalho, rigor, clareza e proximidade com os sócios e todos os adeptos”.

“Comprometo-me a dedicar toda a minha energia para iniciar um novo ciclo de vitórias”, rematou ainda, numa declaração curta, que não durou mais do que três minutos.

A candidatura de Rui Costa é a segunda a formalizar-se para as eleições de 9 de outubro, depois de Francisco Benitez, líder do movimento “Servir o Benfica” também anunciar estar na corrida. Benitez foi um dos candidatos às eleições de outubro de 2020, mas acabou por abdicar em favor de João Noronha Lopes, que já confirmou que não será, desta vez, candidato.