Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Benfica

Jorge Jesus: "O que jogámos durante grande parte do jogo não era para sofrer quatro golos"

Jorge Jesus estava desiludido a seguir ao Benfica-Bayern, que resultou numa goleada para os alemães (0-4).

Stuart Franklin

Partilhar

Jogo

"Estivemos sempre inteiros no jogo, o Neuer faz duas defesas de golo, isso também faz a diferença. O resultado é pesado para o que aconteceu no jogo. O resultado devia ter sido outro, o que jogámos durante grande parte do jogo não era para sofrer quatro golos."

Injustiça

"Não merecíamos ter sofrido quatro golos em tão pouco tempo. Os jogadores frescos do Bayern mexeram com o jogo. Depois do golo a equipa perdeu-se totalmente em termos posicionais. Elas magoam! Não levámos 4-0 num jogo em que fomos uma vez à baliza deles. Criámos oportunidades... Quatro golos, se estava preparado para isto? Não, nem pensar. Pensava que fossem no máximo dois golos, marcando nós dois. Nunca pensei sofrer quatro golos, mas tenho de dar mérito ao Bayern, porque são jogadoes que mexem com jogo."

Mudança de Everton

"A partir do golo de bola parada [Leroy Sané de livre], e com a entrada do Gnabry, eles começaram a entrar pelo nosso lado esquerdo e por isso é que mudei logo e meti o Everton para poder ajudar o Grimaldo. Foi por aí que eles fizeram os golos".