Tribuna Expresso

Perfil

Ciclismo

Num photo finish a quatro, Caleb Ewan bisa no Tour

Australiano ganhou por centímetros a 11.ª etapa, com meta em Poitiers. É o segundo triunfo do ciclista da Lotto nesta edição da Volta a França, num final de nervos com Sagan, Bennett e Van Aert

Tribuna Expresso

Stuart Franklin/Getty

Partilhar

A 11.ª etapa do Tour, entre Châtelaillon-Plage e Poitiers, tinha tudo para dar mais uma oportunidade aos sprinters e o final foi um verdadeiro show com quatro dos grandes favoritos à vitória, Caleb Ewan, Peter Sagan, Sam Bennett e Wout van Aert, a cortarem a meta praticamente lado a lado. Só com o recurso ao photo finish é que foi possível atribuir a vitória a Ewan, australiano da Lotto, que consegue assim a 2.ª vitória na edição deste ano da Volta a França.

Numa tirada em que todos os favoritos chegaram tranquilamente no pelotão principal, apesar da ligeira subida nos últimos dois quilómetros ter fragmentado o grupo, o esforço inglório do dia foi para o francês Matthieu Ladagnous (Groupama - FDJ), que andou 124 quilómetros escapado em solitário, mas acabou apanhado a cerca de 40 quilómetros da meta em Poitiers.

Na classificação geral, tudo na mesma, com Primoz Roglic (Jumbo-Visma) a manter a amarela.

Na quinta-feira, o pelotão terá pela frente a mais longa etapa da edição deste ano, 218 quilómetros entre Chauvigny e Sarran, uma tirada de transição para o Maciço Central, já com alguma montanha e uma contagem de 2.ª categoria, no Suc au May, a 25 quilómetros da meta.