Tribuna Expresso

Perfil

Ciclismo

O brinde de champanhe nos Campos Elísios será feito em honra de Tadej Pogacar

O ciclista esloveno foi apenas o oitavo mais rápido a completar os 30,8 quilómetros do contrarrelógio da penúltima etapa do Tour, mas garantiu que, no domingo, a chegada a Paris será triunfal: Tadej Pogacar vai conquistar a Volta a França pela segunda vez consecutiva

Lusa

Chris Graythen/Getty

Partilhar

O ciclista belga Wout van Aert (Jumbo-Visma) ‘bisou’, este sábado, na 108.ª Volta a França, ao triunfar no contrarrelógio da 20.ª etapa, que confirmou que Tadej Pogacar (UAE Emirates) será o vencedor em Paris.

O belga de 26 anos, vencedor também da 11.ª etapa, cumpriu os 30,8 quilómetros do exercício individual entre Libourne e Saint-Emilion em 35.53 minutos, batendo os dinamarqueses Kasper Asgreen (Deceuninck-QuickStep), segundo a 21 segundos, e Jonas Vingegaard, o seu companheiro de equipa que foi terceiro, a 32.

Tadej Pogacar, que foi oitavo a 57 segundos de Van Aert, confirmou que a amarela será sua em Paris, enquanto o dinamarquês da Jumbo-Visma será segundo, a 05.20 minutos, depois de ter levado a melhor na luta com o equatoriano Richard Carapaz (INEOS), que fecha o pódio, a 07.03.

No domingo, o esloveno de 22 anos viverá a etapa da consagração, nos 108,4 quilómetros entre Chatou e Paris, onde o ciclista da UAE Emirates subirá ao pódio como vencedor da 108.ª Volta a França e celebrará o seu segundo triunfo consecutivo na prova francesa.