Tribuna Expresso

Perfil

PUBLICIDADE
Ciclismo

Mundiais de ciclismo de pista: prata para Iuri Leitão na prova de eliminação

Ciclista de Viana do Castelo conquistou o único pódio para Portugal nos Mundiais de Roubaix, em França. Há um ano já tinha conseguido o mesmo resultado nos Europeus

Lusa e Tribuna Expresso

picture alliance

Partilhar

O ciclista português Iuri Leitão conquistou este domingo a medalha de prata na prova de eliminação dos Mundiais de pista, o único pódio de Portugal na competição, que decorreu em Roubaix, em França.

Depois do quarto lugar em omnium, no sábado, Iuri Leitão foi agora o segundo mais rápido, sendo batido somente pelo italiano Élia Viviani, enquanto o bronze coube ao russo Sergei Rostovtsev.

No sábado, em omnium, Iuri Leitão tinha perdido o bronze, precisamente, no ‘sprint’ final e para o mesmo rival transalpino.

Nascido há 23 anos em Viana do Castelo, Leitão já tinha estado em destaque em 2020, ao conquistar três medalhas nos Europeus de pista: ouro no scratch, prata na eliminação e bronze no omnium.

Já este ano foi duas vezes prata na Taça das Nações em São Petersburgo, tanto no omnium como no madison.