Tribuna Expresso

Perfil

Coronavírus

Competições de futebol e futsal da FPF suspensas

Campeonatos não profissionais de futebol, Taça de Portugal, campeonato nacional de futsal estão englobados

Pedro Candeias

A Taça de Portugal, conquistada pelo Sporting em 2019, é uma das competições para já suspensas. A final deste ano, a disputar entre Benfica e FC Porto, acontece a 24 de maio

Gualter Fatia

Partilhar

A FPF anunciou que todas as competições organizadas por si, em futebol de onze e futsal, se encontram a partir de agora suspensas. Neste 'pacote' estão, entre outros e outras:
- Liga Revelação sub-23
- Campeonato de Portugal
- Taça de Portugal
- Campeonato Nacional I Divisão sub-19
- Campeonato Nacional da II Divisão sub-19
- Campeonato Nacional de sub-17
- Campeonato Nacional de sub-15
- Liga BPI (I Liga feminina de futebol)
- Campeonato Nacional II Divisão Feminino
- Taça de Portugal Feminina
- Campeonato Nacional Feminino sub-19
- Liga Feminina Sub-19
- Liga Placard (futsal masculino)
- Campeonato Nacional Futsal (2.ª divisão)
- Supertaça Futsal

A decisão está relacionada com o desfecho de uma reunião de um grupo de emergência liderado pelo presidente da Federação Portuguesa de Futebol, comunica a FPF: “Face à limitação crescente de acesso a instalações desportivas e à necessidade de toda a população seguir medidas eficazes de higiene e etiqueta respiratória foi decidido suspender as competições nacionais de futebol e futsal organizadas pela Federação Portuguesa de Futebol. A medida é aplicada a partir de 13 de março e vigora por tempo indeterminado.”

Leia o comunicado na íntegra

“Decisão tomada pelo grupo de emergência criado pelo presidente da FPF
O grupo de emergência criado pelo Presidente da FPF para monitorizar o impacto do Covid-19 reuniu esta quinta-feira de manhã.

Face à limitação crescente de acesso a instalações desportivas e à necessidade de toda a população seguir medidas eficazes de higiene e etiqueta respiratória foi decidido suspender as competições nacionais de futebol e futsal organizadas pela Federação Portuguesa de Futebol. A medida é aplicada a partir de 13 de março e vigora por tempo indeterminado.

A situação provocada pelo Covid-19 continuará a ser monitorizada pelo grupo de emergência que poderá rever - ampliando ou reduzindo - as medidas agora implementadas.

O grupo de emergência foi criado pelo Presidente da FPF para monitorizar o impacto do Covid-19 nas nossas provas, e é constituído pelo Presidente da FPF, Presidente da Liga Portugal, Presidente da Comissão Delegada das Associações, Presidente do Sindicato de Jogadores, Presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol, Presidente da Associação Nacional de Treinadores de Futebol e Presidente da Associação Nacional de Médicos de Futebol.”