Tribuna Expresso

Perfil

Coronavírus

Uma hora depois de confirmar que vai haver jogos, Premier League recua

Primeiro, a Premier League garantiu que a 30ª jornada iria decorrer normalmente. Depois, o Arsenal anunciou que o treinador tem coronavírus. Agora, a Liga inglesa já poderá adiar os jogos

Tribuna Expresso

Julian Finney

Partilhar

Foi uma hora animada em Inglaterra: esta quinta-feira à noite, a Premier League anunciou que os jogos marcados para o fim de semana iriam ser disputados normalmente; pouco depois, o Arsenal revelou que o treinador Mikel Arteta tem coronavírus e ficará de quarentena, tal como o plantel e restante staff; agora, a Premier League já lançou novo comunicado.

"Depois do anúncio do Arsenal, confirmando que Mikel Arteta tem Covid-19, a Premier League irá ter uma reunião de emergência com os clubes na sexta-feira de manhã, sobre os próximos jogos. A Premier League não irá fazer mais comentários até a reunião se realizar", lê-se no curto texto.

Assim, o comunicado anterior da Premier League, que assegurava que a 30ª jornada da prova, marcada para o fim de semana, iria decorrer normalmente, poderá ser desmentido já na manhã de sexta-feira, uma vez que o Arsenal não tem nem o staff técnico nem os jogadores disponíveis para o jogo.

Também esta quinta-feira, Brendan Rogers, treinador do Leicester, revelou que havia jogadores da equipa "com sintomas e sinais de coronavírus".

Treinador do Arsenal tem coronavírus (e o plantel ficará de quarentena)

Depois da Premier League anunciar que os jogos do fim de semana irão decorrer normalmente, o Arsenal comunicou que Mikel Arteta está infetado com Covid-19 e que o plantel não poderá jogar