Tribuna Expresso

Perfil

Coronavírus

Campeonato Carioca (no qual joga o Flamengo) suspenso

A Federação local decidiu finalmente suspender o Campeonato Carioca, por 15 dias

tribuna expresso e lusa

Raul Sifuentes

Partilhar

O Campeonato Carioca de futebol, no Brasil, onde atua o Flamengo, treinado pelo português Jorge Jesus, está suspenso durante 15 dias, devido à pandemia de Covid-19, informou hoje a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ).

"A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro informa que, após mais de três horas de reunião com os clubes que disputam a Série A do Campeonato Carioca e o Sindicato dos Atletas e de Treinadores, a competição está paralisada por 15 dias por causa da pandemia do coronavírus", lê-se na conta oficial do Twitter da FERJ.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou cerca de 170 mil pessoas, das quais 6.500 morreram. Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 75 mil recuperaram da doença.

Recorde-se que, no domingo, o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, manifestou-se contra a interrupção dos campeonatos: “Quando você proíbe futebol e outras coisas, você parte para uma histeria”.

O surto de Covid-19 começou na China, em dezembro, e espalhou-se por mais de 140 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Portugal registou hoje a primeira morte, anunciou a ministra da Saúde, Marta Temido.

Trata-se de Mário Veríssimo, ex-massagista do Estrela da Amadora e amigo de Jorge Jesus, confirmou a Tribuna Expresso, que estava internado há vários dias no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

Há 331 pessoas infetadas até hoje, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Dos casos confirmados, 192 estão a recuperar em casa e 139 estão internados, 18 dos quais em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI).

Mário Veríssimo, amigo de Jorge Jesus, é a primeira vítima mortal de Covid-19 em Portugal

O antigo massagista do Estrela da Amadora é a primeira morte causada por Covid-19 em Portugal. A informação foi confirmada à <strong>Tribuna Expresso</strong> por duas fontes próximas de Jorge Jesus. Mário Veríssimo tinha 80 anos e estava internado no Hospital Santa Maria, em Lisboa, há vários dias