Tribuna Expresso

Perfil

Coronavírus

Covid-19. Lewis Hamilton critica pessoas "totalmente irresponsáveis e egoístas" que não ficam em casa

Piloto britânico da Mercedes lamenta "a quantidade de mortes que estão a acontecer no mundo inteiro"

lusa

Loren Elliott

Partilhar

O campeão mundial de Fórmula 1, o britânico Lewis Hamilton, criticou as pessoas "totalmente irresponsáveis e egoístas" que não respeitam as ordens para permanecer em casa e não mantêm a distância social, devido à pandemia da Covid-19.

Numa mensagem publicada no Instagram, o piloto britânico da Mercedes lamenta "a quantidade de mortes que estão a acontecer no mundo inteiro".

Com seis títulos mundiais conquistados e com a possibilidade de igualar o alemão Michael Schumacher, que garantiu sete, Lewis Hamilton sublinhou que "não há nada que possamos fazer sobre isto, exceto tentar isolarmo-nos, impedir de apanhar o vírus e de o espalhar", frisou.

No entanto, o piloto britânico diz que "há pessoas que continuam a ir aos bares e a promover grandes ajuntamentos", algo que considera ser "totalmente irresponsável e egoísta".

Hamilton garante que está a "rezar" pela família e "pelos trabalhadores dos supermercados, médicos e enfermeiros que colocam a sua saúde em risco para manter os países a andar".

"Esses é que são os heróis", frisou.

Numa outra mensagem publicada durante o fim de semana, Lewis Hamilton garantiu estar "bem de saúde" depois de ter contactado com o ator britânico Idris Elba, que se soube, depois, estar infetado com o novo coronavírus, e que continua a treinar "em casa".