Tribuna Expresso

Perfil

Coronavírus

“Os camiões transportam mortos e querem recomeçar a Serie A? Isto é uma peta de 1 de abril? Se a UEFA quer ajudar, que mande ventiladores”

Cellino, presidente do Brescia, último classificado da Serie A, atira-se contra as decisões da UEFA que deu indicações para que os campeonatos na Europa terminem até dois de agosto. O dirigente garante que, se isso for assim, risca a equipa e arrisca perder todos os jogos por 3-0 na secretaria. “Quero lá saber se desço de divisão”, atira

Tribuna Expresso

Alessandro Sabattini

Partilhar

A decisão da UEFA

“Jogar ainda esta época? Mas está tudo maluco? É o quê, uma peta de um de abril? Estamos parados, nenhuma equipa regressará como antes, estádios à porta fechada, a saúde dos jogadores está em risco. Para mim, voltar a jogar é uma loucura. Se nos obrigam a jogar, estou disposto a riscar a equipa e perder os jogos por 3-0 na secretaria por respeito aos cidadãos de Brescia e dos seus entes que já não estão cá”.

O descanso

“A UEFA é arrogante e irresponsável. A época fecha a 30 de junho, data final para a apresentação dos balanços nos clubes e dos contratos dos jogadores. Só pensam nos seus interesses económicos. Mas não é a UEFA quem decide a Serie A, quem decide a Serie A é a Itália. Querem que joguemos a cada dois dias? Ou terá a UEFA o poder de acrescentar horas aos dias e fazer com que tenham 72 horas? Se a UEFA quer fazer algo de útil, que traga bombas de oxigénio e ventiladores, ficaremos gratos”.

A cidade

“Eu falo por Brescia. Aqui, temos camiões que transportam mortos. Estamos no centro da epidemia. E os jogadores já levam 45 dias de inatividade total, é preciso um mês para que fiquem em forma novamente. Querem que eles se rasguem todos? É que nem meia hora de corrida eles têm tido”.

A descida

“No outro dia, o Lotito [presidente da Lazio] gritou-me: ‘Tu não queres jogar para te salvar’. Mas qual é a moral dele? Ele tem fogo e chamas porque só pensa em em ganhar a Serie A [a Lazio está a um ponto da Juventus e tem empreendido constantes ataques contra o clube de Turim e os dirigentes de outros clubes por não quererem retomar atividade]. Quero lá saber se desço de divisão ou não. Até agora, é o que merecemos e eu também tenho culpa. Isto é um caos